Rapper que cantou com Anitta é excluído do Lolapalooza por homofobia

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um comunicado feito pela equipe do Lolapalooza, evento que acontece neste fim de semana em Chicago, nos Estados Unidos, anunciou que o rapper DaBaby, 29, foi excluído do festival.

O Lollapalooza foi fundado na diversidade, inclusão, respeito e amor. Com isso em mente, DaBaby não se apresentará mais no Grant Park esta noite", diz trecho da nota publicada no Instagram neste domingo (1º).

De acordo com a People, durante apresentação no festival Rolling Loud, que ocorreu entre os dias 23 e 25 de julho, DaBaby fez um discurso homofóbico e comentários preconceituosos contra pessoas portadoras do HIV, o vírus causador da AIDS. Não satisfeito, ele continuou as grosserias em uma live no Instagram na qual descreveu os soropositivos como"estúpidos", "desagradáveis" e "viciados de rua".

Na terça-feira (27), o cantor foi ao Twitter se desculpar pelo que tinha dito. "Qualquer um que já foi afetado pela AIDS tem o direito de ficar chateado comigo. O que eu disse foi insensível, embora não tenha havido intenção alguma de ofender alguém. Então, me perdoem", escreveu.

Demi Lovato e Elton John estão entre as celebridades que repudiaram a fala do rapper. "Pessoas como você são a razão de ainda vivermos em um mundo dividido pelo medo. Todos os seres humanos devem ser tratados com dignidade e respeito, independentemente de raça, sexo, orientação sexual ou crenças religiosas", diz um trecho de mensagem publicada por Madonna nesta sexta-feira (30). Artistas que já fizeram parcerias musicais também criticaram a atitude dele. "Estou surpresa e horrorizada com os comentários de DaBaby", escreveu Dua Lipa no Instagram Stories também na terça feira . "Realmente não o reconheço como a pessoa com quem trabalhei."

"Sei que meus fãs sabem onde está meu coração e que estou 100% com a comunidade LGTBQ", acrescentou ela. "Precisamos nos unir para combater o estigma e a ignorância em torno do HIV / AIDS". Anitta, que gravou uma versão de "Girl From Rio" com o rapper, também se manifestou sobre o assunto.

"Sempre estarei com minha comunidade LGBTQ +. Também envio todo o meu respeito e apoio para acabar com qualquer ignorância e estigma em torno do HIV / AIDS. Condeno qualquer demonstração de ódio. Deixe o amor brilhar", escreveu a cantora brasileira no Twitter nesta quarta-feira (28).

DaBaby concorreu a quatro categorias no Grammy 2021: Melhor Canção de Rap; Gravação do Ano; Melhor Performance de Rap; e Melhor Colaboração de Rap. Embora não tenha levado nenhum prêmio, o cantor se apresentou no evento com o hit "Rockstar" em versão pomposa --cheia de violinos-- ao lado de Roddy Ricch.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos