Raphael Vicente tem história contada no jornal britânico The Guardian

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O nome do influencer Raphael Vicente, 22, chegou ao outro lado do mundo ao ser retratado no jornal britânico The Guardian nesta quarta-feira (8). Ele é descrito como o TikToker viral que quer mostrar a alegria da favela brasileira, para além da pobreza e criminalidade já tão retratadas, a um público de 3 milhões de seguidores.

Morador do Complexo da Maré, na zona Norte do Rio de Janeiro, Raphael cria conteúdos de comédia com a família e traz versões criativas das músicas e danças virais do Tik Tok. Uma delas foi notada pela cantora Shakira, que o elogiou via redes sociais pelo clipe de "Waka Waka" para a Copa do Mundo de 2022, gravado com o Dance Maré, grupo que fundou.

A irmã Maria Eduarda Reis explicou ao The Guardian a importância do papel de Raphael nas redes sociais: "até as pessoas da favela estão acostumadas a ver sua comunidade desfigurada na mídia, como apenas tragédia, violência, tiros, operações policiais". Ao invés disso, o influencer exalta as qualidades culturais, que o tornaram relevante aos olhos do jornal britânico.

Raphael também comentou suas motivações em se lançar ao mundo: "Sou um menino negro, pobre, e gay que viveu na maré a vida inteira", ele contextualiza. "Nossa luta sempre requere o dobro de esforço, o dobro de trabalho".

Os efeitos positivos do trabalho do TikToker foram expostos na prática. Após o lançamento do vídeo clipe da Copa do Mundo, uma busca no Google sobre notícias relacionadas ao Complexo da Maré entregou mais artigos positivos ao usuário do que os usuais títulos de violência dominantes.