Raoni Barcelos vence no UFC da Coréia e atravessa a madrugada pelo Flamengo

Barcelos segue invicto em quatro lutas no UFC (Jeff Bottari/Zuffa LLC/Getty Images)

Raoni Barcelos fez seu papel dentro do octógono do UFC em Busan, Coréia do Sul, na manhã deste sábado (horário de Brasília). Agora, veste a camisa do Flamengo para torcer pelo rubro-negro da Gávea contra o Liverpool na final do Mundial de Clubes.

O peso-galo (61kg) viajou à Coréia do Sul no mesmo dia que a delegação do campeão da Libertadores deixou o país rumo ao Catar, e deu um jeito de assistir à semifinal contra Al Hilal em meio à movimentada semana de luta.

A vitória por 3 a 1 sobre a equipe saudita significou horas a menos de sono para Barcelos, que atravessará a madrugada em Busan à espera da partida deste sábado.

“Fiquei muito feliz de lutar no mesmo dia do Flamengo”, Barcelos disse ao blog horas depois de derrotar o russo Sair Nurmagomedov por pontos, a maior vitória de sua carreira no MMA. “Sou Flamengo desde moleque e estava assistindo a praticamente todos os jogos”.

Antes do combate, Barcelos disse que se inspirou no time de coração, campeão brasileiro de 2019, para o UFC Busan. “Eles têm feito coisas incríveis neste ano, jogando com técnica e raça, exatamente como me vejo no octógono”, disse ao longo da semana.

Agora, pode servir de inspiração para Gabigol, Bruno Henrique e companhia em busca do bicampeonato mundial no Catar.

“Viajei no mesmo dia que eles e acabei lutando algumas horas antes da final com os caras”, disse o peso-galo, acompanhado do pai e treinador, Larte Barcelos, e do técnico Pedro Rizzo na Ásia. “Estamos esperando aqui para poder assistir ao jogo. Tomara que o Flamengo também feche com chave de ouro para comemorarmos duas vitórias”.

Raoni Barcelos posa com seus técnicos rubro-negros na Coréia do Sul (Arquivo pessoal)