Ramin Bahrani vai dirigir adaptação do livro “Amnesty” para a Netflix

Diego Souza
·1 minuto de leitura
Será a segunda vez que o cineasta trabalha com o escritor Aravind Adiga (Reprodução)
(Reprodução)

Nesta terça-feira (02), a Netflix confirmou que Ramin Bahrani vai dirigir “Amnesty”, uma adaptação do livro do escritor Aravind Adiga. Será a segunda vez que os dois trabalham juntos. O cineasta atualmente está nos holofotes com o lançamento de “O Tigre Branco“, que também traz uma obra de Aravind para uma nova mídia.

Ambientado na Austrália, a narrativa acompanha Danny, um migrante ilegal do Sri Lanka que limpa casas e percebe que tem informações sobre o súbito assassinato de um de seus patrões. Enquanto brinca de gato e rato com o suposto assassino, o protagonista fica agoniado pensando se deve entrar em contato com a polícia e correr o risco de ser deportado.

Em comunicado, Ramin se mostrou empolgado em trabalhar novamente com o escritor indiano.

“Estou emocionado em adaptar o novo grande romance do Aravind, Anistia . E sou muito grato pela parceria com a Netflix e meu produtor criativo líder Bahareh Azimi mais uma vez. Este romance me prendeu desde a primeira vez que Aravind compartilhou um rascunho comigo, cinco anos atrás. Mal posso esperar para trazê-lo para a tela”

Ainda não há previsão de estreia para “Amnesty”.