Rainha Elizabeth se pronuncia após fala de Meghan Markle sobre cor do filho

·1 min de leitura
Britain's Queen Elizabeth leaves Buckingham Palace in a horse drawn carriage to attend the State Opening of Parliament, London May 25, 2010. Political reforms, including a switch to fixed-term parliaments and cutting the number of members of parliament, are likely to form part of the coalition's first legislative program due to be announced by the Queen at the state opening of parliament on Tuesday.   REUTERS/Suzanne Plunkett (BRITAIN - Tags: ENTERTAINMENT POLITICS ROYALS)
Rainha Elizabeth II, da monarca do Reino Unido REUTERS/Suzanne Plunkett (BRITAIN - Tags: ENTERTAINMENT POLITICS ROYALS)

A rainha Elizabeth II, líder da monarquia britânica, se pronunciou em nome da família real em um texto de quatro linhas após Meghan Markle, ex-duquesa de Sussex, revelar o racismo que o filho Archie sofreu antes mesmo de nascer de algum membro da corte.

“A família inteira fica triste ao saber de como os últimos anos foram desafiadores para Harry e Meghan. As questões levantadas, particularmente as de raça, são preocupantes. Embora algumas lembranças possam variar, elas são levadas muito a sério e serão tratadas pela família em particular”, disse sua majestade.

Leia também

Durante entrevista a Oprah Winfrey, Meghan balançou os profundos alicerces da monarquia britânica ao revelar que houveram conversas de membros da Coroa com o príncipe Harry sobre o quão escura seria a pele de Archie, seu primeiro filho, já que ela é uma mulher negra. A primeira a pertencer à família.

A rainha ainda ressaltou no comunicado que, mesmo não sendo mais membros da corte com obrigações, deveres, salário e títulos, eles ainda são parte da família de Windsor. “Harry, Meghan e Archie sempre serão membros da família muito queridos”, concluiu.