Rainha Elizabeth passará Natal em Windsor em meio a surto de Ômicron

·1 min de leitura
Rainha britânica Elizabethe em Edimburgo

LONDRES (Reuters) - A rainha britânica Elizabeth celebrará o Natal em Windsor, em vez de sua escolha habitual de Sandringham, disse uma fonte do palácio nesta segunda-feira, à medida que a variante Ômicron do coronavírus continua se espalhando rapidamente.

"A decisão foi pessoal após uma consideração cuidadosa e reflete uma abordagem de precaução", disse a fonte. "Acontecerão visitas familiares em Windsor durante o período de Natal e todas as diretrizes apropriadas serão seguidas."

Na semana passada, a rainha cancelou um almoço pré-natalino com sua família por precaução.

A família real britânica normalmente comemora o dia de Natal fazendo uma caminhada da propriedade da rainha em Sandringham, no leste da Inglaterra, até uma igreja próxima para assistir ao culto matinal.

A monarca de 95 anos passou a maior parte da pandemia no Castelo de Windsor, a oeste de Londres. Seu marido, o príncipe Philip, morreu em abril deste ano, após mais de sete décadas de casamento.

(Por Andrew MacAskill)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos