Rainha Elizabeth morre aos 96 anos

Rainha Elizabeth II credit:Bang Showbiz
Rainha Elizabeth II credit:Bang Showbiz

A Rainha Elizabeth II morreu aos 96 anos de idade.

A monarca faleceu "pacificamente" em sua propriedade em Balmoral na tarde de quinta-feira (08.09.22), confirmou o Palácio de Buckingham.

Seu filho, o príncipe Charles, torna-se rei imediatamente após sua morte.

Uma mensagem no site oficial da família real dizia: "A rainha morreu pacificamente em Balmoral esta tarde. O rei e a rainha consorte permanecerão em Balmoral esta noite e retornarão a Londres amanhã.''

Elizabeth morreu rodeada por familiares, que viajaram à Escócia na quinta-feira (8) após o anúncio de que a rainha havia sido colocada "sob supervisão médica".

Antes de sua morte, a rainha quebrou uma série de recordes graças à sua permanência no trono britânico.

Em 21 de dezembro de 2007, Sua Majestade ultrapassou sua tataravó, a rainha Victoria, e se tornou a monarca mais longeva da história da Grã-Bretanha. Em 2016, ela se tornou a chefe de Estado com mais anos de serviço no mundo.

A rainha foi apresentada a seu marido, o príncipe Philip - então conhecido como o príncipe Philip da Grécia e Dinamarca - em 1934, e os dois começaram a trocar cartas em 1939. Ela tinha 21 anos quando o noivado foi anunciado, em julho de 1947, e eles se casaram apenas quatro meses depois, no dia 20 de novembro de 1947.

Elizabeth tinha apenas 25 anos quando se tornou rainha da Inglaterra e de mais 14 países da Comunidade de Nações, além de ter sido a líder da Commonwealth, uma organização composta por 53 países independentes.

Ao longo de seu reinado, a soberana enfrentou diversos altos e baixos. Os anos 90 foram especialmente delicados para a monarquia em meio a escândalos envolvendo os fins dos casamentos de três de seus quatro filhos: o do príncipe Andrew com Sarah, duquesa de York, o da princesa Anne com o capitão Mark Phillips, e o do príncipe Charles com a princesa Diana.

A rainha enfrentou duras críticas após a morte de Diana em um acidente de carro, em agosto de 1997, por ter demorado a se manifestar publicamente e por não ter hasteado as bandeiras do Palácio de Buckingham a meio mastro para demonstrar o luto da família.

Em 2015, a rainha e Philip fizeram sua última viagem ao exterior, uma visita a Malta, onde o casal havia morado no início de seu casamento. Antes disso, Elizabeth havia viajado para 117 países. Desde 2015, as visitas ao exterior são realizadas por outros membros da família real.

Philip morreu em abril de 2021, a apenas dois meses de seu 100º aniversário, e a rainha, em um momento que comoveu o mundo, sentou-se sozinha no funeral de seu marido devido às restrições de isolamento impostas pela pandemia de coronavírus.

Em fevereiro deste ano, a rainha contraiu COVID-19, porém, na ocasião, disse ter apresentado apenas “sintomas leves e semelhantes aos de um resfriado”. Ainda assim, preocupações quanto à sua saúde ganharam força após a monarca desmarcar vários compromissos virtuais.

A rainha deixa seus filhos, Charles, Anne, Andrew e Edward, e oito netos, William, Harry, Peter Phillips, Zara Phillips, Beatrice, Eugenie, Louise e James.

Ela também teve 12 bisnetos: George, Charlotte, Louis, Archie, Lilibet, Savannah, Isla, Mia, Lena, Lucas, August e Sienna.