Rafa Portugal e Cacau Protásio vivem casal em comédia contra estereótipos

·5 min de leitura
**ARQUIVO**SÃO PAULO, SP, BRASIL, 19-11-2012: A atriz Cacau Protásio durante a premiação Troféu Raça Negra 2012, realizado na Sala São Paulo, em São Paulo (SP). (Foto: Zanone Fraissat / Folhapress)
**ARQUIVO**SÃO PAULO, SP, BRASIL, 19-11-2012: A atriz Cacau Protásio durante a premiação Troféu Raça Negra 2012, realizado na Sala São Paulo, em São Paulo (SP). (Foto: Zanone Fraissat / Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Rafael Portugal não estará no Big Brother Brasil 22, mas poderá ser visto nos cinemas a partir desta quinta-feira (13). O humorista do Porta dos Fundos está na comédia "Juntos e Enrolados", como o atrapalhado encanador Júlio, que prefere ser chamado de 'bombeiro hidráulico".

Ele forma ao lado de Daiana, interpretada por Cacau Protásio, um casal apaixonado que após anos juntando dinheiro, está prestes a realizar o sonho da festa de casamento. Mas um mal-entendido pode colocar tudo a perder e transformar a união em uma celebração de divórcio.

"O Júlio é um personagem humilde e bom coração. Antes de trabalhar como ator, fiz muita coisa. Fui auxiliar de escritório, repositor de mercado, responsável pela recarga de cartucho de impressora... Eu sabia o que o Júlio estava sentindo com cada dinheirinho separado para fazer esse casamento", diz Portugal.

E para quem gostava de ver o ator cantando paródias no BBB, agora poderá o uvir uma composição dele, "My Love You", na trilha do longa. A música foi composta com o diretor Rodrigo Van der Put --que divide a direção com Eduardo Vaisman-- e o produtor musical Dunga. O clipe está disponível no YouTube.

"Separamos cinco horas em uma sala para compor a música. Quando sentamos, eu peguei o violão e, na hora, veio uma melodia na cabeça. O Vander [Rodrigo Van der Pu] sugeriu que tivesse algo em inglês na música, uma brincadeira que a gente já faz juntos no Porta dos Fundos. O Dunga gostou da ideia e aí começou com 'my love you' e outras rimas. O que era para ser feito em cinco horas foi feito em seis minutos. Recebemos uma direção divina", afirma o ator.

Ele e Cacau trabalham juntos pela primeira vez e, segundo o comediante, o entrosamento foi imediato. Protagonista de outras três comédias nacionais recentes (as já lançadas "A Sogra Perfeita" e "Amarração do Amor", além de "Barraco de Família", que estreia em 2022), Cacau vive em "Juntos e Enrolados" uma personagem diferente da que o público está habituado a ver ela fazer.

Daiana trabalha como bombeira e é uma mocinha romântica moderna, que sonha com o casamento perfeito e não tem nada a ver com a escrachada Terezinha, papel da atriz em "Vai que Cola". Segundo Cacau, não é fácil atuar de uma forma muito diferente da que costuma fazer na série, já que interpreta Terezinha há nove anos. "É quase uma entidade", diz.

Para conseguir esse distanciamento, ela afirma que pediu e contou com a ajuda dos diretores. "Eu sempre falo que se a Terezinha chegar por perto é para eles me falarem: 'A Terezinha está por aí, manda ela embora'", relata. "É sempre desafiador fazer um personagem novo, mas foi muito maravilhoso."

Sem levantar bandeira, o filme aborda de forma natural temas que ainda sofrem preconceito no Brasil como relacionamentos homossexuais e casais inter-raciais. A própria atriz sofreu gordofobia e ataques racistas ao gravar cenas do longa no quartel dos bombeiros, em 2019.

Cacau já disse em entrevistas anteriores que, embora o preconceito siga latente, ela não perde a esperança de viver em um mundo de igualdade. Neste sentido, a atriz afirma que "Juntos e Enrolados" é um filme para a família inteira e que ajuda a desmistificar alguns desses preconceitos.

"Todo o mundo vai se identificar e vai ver que as famílias retratadas ali são normais: tem um gay, tem travesti, tem tia preta, tio branco. E é muito importante abordar tudo isso para vermos que tudo que tem no mundo é normal", salienta Cacau.

"Já passou do tempo de a gente não tratar certos assuntos como tabu ou sei lá o quê. Acho que a comédia ajuda a trazer leveza, a quebrar esses estereótipos também", concorda Evelyn Castro, que faz Suzie, a melhor amiga da noiva.

"É uma das coisas que eu mais me orgulho desse trabalho: a forma delicada como aborda essas questões, porque a vida é assim. É bonito ver esses assuntos naturalizadas em uma comédia leve, romântica e para a família", completa Fábio de Luca, que dá vida ao melhor amigo do noivo.

O ator salienta que ao ler no roteiro que Carlos Mário, seu personagem, era gay, ele e a direção do filme tomaram cuidado para não fazer do papel uma caricatura. "Para que não fosse aquela coisa afetada demais, de uma maneira ruim", afirma. O ator e Evelyn se destacam na produção e são responsáveis por momentos hilários do filme.

Para fazer Suzie, que também atua como organizadora da festa de casamento, a atriz diz que se baseou na sua experiência como cantora em bares e festas. "Existem inúmeras cerimonalistas na Suzie, que eu vi passando por 'n' situações em casamentos, das mais inusitadas que vocês possam imaginar. Eu sempre vi essa loucura no olhar delas. É sempre um desespero para que tudo dê certo", afirma.

Ela acrescenta que se inspirou também em amigas suas de mais de 20 anos, que são capazes de comprar qualquer brigar e descer até o fundo do poço por ela.

Para ambos, o grande desafio do filme é que ele se passa praticamente todo em uma única noite, a da festa do casamento. Segundo a atriz, manter a mesma dinâmica e ritmo durante as gravações não foi tarefa simples.

Fábio de Luca tem opinião semelhante e revela um método inusitado que usou para garantir esse ritmo. "Eles vão ficando bêbados à medida que a festa vai avançando. Mas a gente não grava em ordem cronológica, é tudo embaralhado. Eu tive que fazer um percentual etílico do meu personagem em cada cena. Por exemplo, aqui Carlos Mário está 30% bêbado, aqui ele já está 150% bêbado, está loucão. Isso me ajudou a ir dosando", conta, aos risos.

"Juntos e Enrolados" conta ainda no elenco com Tony Tornado, Marcos Pasquim, Neusa Borges, Berta Loran, Emanuelle Araújo, Fafy Siqueira e outros.

*

JUNTOS E ENROLADOS

Quando: a partir desta quinta (13)

Onde: cinemas

Elenco: Cacau Protásio, Rafael Portugal, Evelyn Castro, Fábio de Luca, Tony Tornado, Marcos Pasquim e outros

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos