Rafa Kalimann relata "telefonema abusivo" e "ajudinha" da Globo para conseguir atuar

Ex-BBB fará participação em "Vai na Fé" como interesse amoroso de José Loreto

Rafa Kalimann. Foto: Eduardo Araujo/AgNews
Rafa Kalimann. Foto: Eduardo Araujo/AgNews

Resumo da notícia:

  • Rafa Kalimann relatou ter recebido "telefonema abusivo" de sindicato sobre autorização para atuar

  • Ex-BBB contou ter precisado de intervenção da Globo para conseguir resolver a situação

  • Influenciadora fará participação em "Vai na Fé" como affair de José Loreto

Após sua estreia como atriz na série "Rensga Hits", do Globoplay, Rafa Kalimann irá fazer uma participação como affair de Lui Lorenzo, vivido pelo seu namorado José Loreto, em "Vai na Fé", próxima novela das sete. Mas a falta de seu registro profissional, conhecido como DRT, teria gerado problemas entre a artista e o SATED-RJ (Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado do Rio de Janeiro).

Entenda

Em entrevista à "Folha de S. Paulo", o órgão responsável por autorizar a emissão do documento afirmou que Kalimann não tem autorização para atuar em novelas. De acordo com Hugo Gross, presidente do sindicato, a Globo foi avisada diversas vezes sobre a necessidade de uma autorização prévia à contratação e com justificativas - o que deve ter acontecido com Jade Picon para "Travessia".

No entanto, Rafa abriu o jogo durante ensaio do Timbalada, em Salvador, na Bahia, sobre os bastidores desse contato e defendeu sua condição atual de trabalho. "Sou contratada da Globo. Todas as vezes que me pedem para fazer um trabalho, eu faço. Tenho carteira assinada para isso. E tento manter as coisas de uma forma muito correta. Estudo muito, faço teatro, faço carga horária de atuação e respeito 100% essa carreira. Poderia tentar tirar meu DRT antes, mas não, sei que preciso me especializar e, por isso, não canso de estudar", afirmou ela ao "UOL".

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Ajudinha da Globo

Na sequência, a ex-BBB revelou que precisou de intervenção da Globo após ser acionada pelo SATED-RJ. "Recebi um telefonema deste lugar de uma maneira muito pesada e abusiva. Um telefonema que um homem não receberia se tivesse no meu lugar. A Globo precisou intervir de maneira certa. Entraram com o pedido. O que estou fazendo é o que a maioria dos atores fazem para dar entrada no DRT", afirmou.

"É uma oportunidade para que eu aprenda e ganhe experiência, algo necessário para que eu tire meu DRT. Acontece que querem mídia mesmo. Várias pessoas seguem o mesmo caminho que estou seguindo e não se importam, mas comigo querem ganhar mídia", completou.

O Yahoo tentou entrar em contato com o SATED-RJ e Rafa Kalimann sobre o assunto, mas não obtivemos retorno até a publicação do texto.

Como faz para tirar o DRT?

Primeiro, é preciso explicar que DRT nada mais é do que a sigla para Delegacia Regional do Trabalho, o que o ator precisa oficialmente é do Registro Profissional. Mas a sigla acabou se tornando usual para classificar documento para profissionais da atuação.

O que indica que você é um profissional habilitado para a área em questão é justamente o número registrado na carteira profissional. Para que isso aconteça, a pessoa interessada precisa ser aprovada pelo órgão que regulamenta a profissão de atuação, que é o SATED (Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões) com sedes em todos os estados do Brasil.

Para conseguir comprovar a sua capacitação é preciso fazer um curso profissionalizante, uma oficina de atores ou apresentar um portfólio de trabalhos que comprove sua experiência artística.