Rafa Kalimann diz que quer conversar com Bianca Andrade para esclarecer alguns pontos

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Vice-campeã do Big Brother Brasil 20, a influenciadora digital Rafa Kalimann conversou com Giovanna Ewbank para responder a algumas perguntas de fãs para o canal da atriz no YouTube, o Gioh. Durante a entrevista, a ex-participante do reality da Globo falou sobre Bianca Andrade, conhecida como Boca Rosa, de autoestima e o que pretende fazer com o dinheiro que ganhou na competição.

No início da sua trajetória no programa, Rafa Kalimann protagonizou uma briga com Bianca Andrade. As duas discutiram durante a primeira festa do reality por causa de uma situação que aconteceu fora do confinamento. Kalimann disse para Bianca que ela não tinha sido simpática no primeiro momento em que se conheceram, e as duas não conseguiram se entender. A discussão acabou em choro e climão.

Logo na sua primeira liderança, Kalimann mandou Bianca direto para o paredão sem chance de prova bate e volta. "Meu coração não consegue pensar em outra opção que não seja votar na Bia", comentou a sister durante uma conversa. A indicação garantiu a eliminação de Bianca, que foi a primeira mulher a deixa a competição da Globo com 53,09% dos votos.

Questionada se existira uma chance de voltar a falar com Bianca Andrade, Kalimann disse que sim. "Acho até justo que a gente tenha um momento de sentar e esclarecer algumas coisas. Ambas amadureceram muito neste processo todo de reality. Não me arrependo de como as coisas aconteceram, mas acho, sim, que é justo que nós duas tenhamos um momento de sentar e conversar para esclarecer alguns pontos. Não que isso vá gerar uma amizade, mas por respeito mesmo."

Ewbank elogiou a postura da influenciadora e disse que as duas merecem, sim, conversar fora das câmeras para que elas possam "falar tudo o que vocês sentem e pensam". A atriz perguntou o que foi mais difícil no BBB 20: "Mais difícil foi ir ao banheiro". A influenciadora também comentou o fato dos apliques. "Que sufoco que eu passei. A gente não vê o aplique aparecer. Um horror."

Rafa Kalimann impressionou telespectadores e internautas com a sua paciência, em meio a tantas confusões no BBB 20. Mas desde o começo, a modelo não se deu muito bem com a cantora Flayslane. Em uma conversa com Gabi e Ivy, Kalimann disse que não entendia porque a sister não gostava dela. "Eu prefiro saber que a pessoa não gosta de mim a ser falsa comigo", disse a influenciadora.

Gioavanna Ewbank perguntou se a influenciadora havia visto os memes gerados durante o reality e qual ela havia mais gostado. Kalimann disse que o meme da briga com Flay e o Aleluia, arrepiei são os seus prediletos.

Sobre o prêmio que recebeu no BBB, uma quantia de R$ 150 mil, Kalimann disse que pretende doar o dinheiro. Em um dos seus últimos discursos no programa, Kalimann voltou a ressaltar que o prêmio seria doado para a ONG Missão África. Contudo, após deixar o reality, a influenciadora disse que a ideia era essa mesmo, mas com pandemia do novo coronavírus, ela precisa pensar.

"Continua sim. Foi um sonho bem antes do convite do BBB, porque já era um propósito meu mesmo até então. Até eu sair e entender. Eu ia doar para ONG, mas preciso entender tudo o que está acontecendo, com a questão o vírus. Preciso pensar com carinho para entender quais são as prioridades e urgências agora."

Kalimann também respondeu sobre seu posicionamento no jogo em relação à beleza e como as mulheres deveriam se aceitar do jeito que elas são. Ela afirmou que, durante muitos anos, foi insegura em relação ao seu corpo e que chegou a fazer alguns procedimentos estéticos até entender qual era seu biotipo.

"Aceitar meu biotipo era uma luta muito constante. Até fui fazer terapia por isso. Até começar a entender que está tudo bem que esse é meu biottipo e que preciso me aceitar dentro dele. Foi um processo lindo. Não acho que as pessoas tenham que viver isso. Padrão foi criado por alguém que ninguém conhece."

Por fim, a influenciadora disse que pretende retomar o curso de teatro e que não tem pensado muito qual o rumo dar a sua carreira. "Agora não estou conseguindo pensar em nada. Estou muito em estado de choque. Dentro da casa disse para Manu que quero voltar a fazer teatro. Mas por mim mesmo. Não sei se é algo que quero levar como carreira. Quero voltar por gostar, porque fiz quando era mais nova e vai fazer bem para mim."