Racismo, feminismo: 7 lições que os participantes do BBB19 ensinaram

BBB 19: Conheça os participantes (Reprodução/Instagram)

Foi-se o tempo em que a maioria dos participantes do “Big Brother” eram jovens alienados que só pensam em namoro, fama e festa. A edição 2019 do programa conta com jovens bem informados que sabem dialogar sobre questões importantes de forma clara e objetiva.

Receba novidades sobre o mundo dos famosos (e muito mais) no seu Whatsapp

Racismo, machismo e privilégios são alguns dos tópicos puxados por participantes como Rodrigo, Gabriela, Danrley, Rízia e Hana. Logo os usuários do Twitter começaram a compartilhar os vídeos que mostram momentos em que eles deram uma aula sobre esses temas. Reunimos 7 deles:

Leia mais: Saiba por onde andam os vencedores de todas as edições do ‘BBB’

1. Religião

Quando Gabriela e Rodrigo falaram sobre intolerância religiosa.

2. Racismo reverso

Gabriela e Rízia dando um show ao explicar porque brancos não sofrem racismo.

3. Racismo

E Rodrigo complementou o tema

Assim como Gabriela que insiste em explicar para Paula — que se posicionou contra cotas raciais e acha que cabelo crespo ou enrolado é “ruim”

4. Conquistas

Os participantes falam sobre as dificuldades dos jovens de baixa renda de terem acesso à educação.

5. Privilégios

Em conversa bem humorada, Rodrigo e Hana falaram sobre o preconceito sofrido pelo rapaz por conta de seu cabelo. Hana aproveitou para imitar o meme da mulher que se diz privilegiada.

6. Machismo

Hana fala sobre as diferenças de comportamentos entre homens e mulheres na balada.

7. Criminalidade

Os rapazes levantaram a polêmica questão de que “bandido bom é bandido morto”, pontuando que matar um assassino automaticamente transforma outra pessoa em assassino.