Químico encontrado no vinho e chocolate rejuvenesce células, diz estudo

Reprodução/Pixabay PublicDomainPictures

Um componente encontrado nos vinhos e chocolates podem ajudar a rejuvenescer células, segundo estudo realizado pelas Universidades de Exeter e Brighton. Os pesquisadores descobriram que é possível fazer com que elas aparentem e se comportem como se fossem mais jovens, graças a uma substância chamada reversatrol analogues.

Leia mais: Cientistas descobrem um novo tipo de alimento além da proteína, gordura e carboidrato

A medida que envelhecemos, alguns de nossos genes são progressivamente desligados e essa substância (encontrada no vinho tinto, chocolate, uvas vermelhas e mirtilo), tem o poder de colocá-las para funcionar novamente, resultando no retardo do envelhecimento.

Leia mais: Para combater o preconceito, restaurante contrata apenas funcionários com HIV

Este resultado foi obtido com poucas horas de tratamento e os pesquisadores esperam que a descoberta ajude as pessoas a envelhecerem melhor, evitando problemas degenerativos. “Este é o primeiro passo para tentar fazer com que as pessoas tenham um período de vida normal, mas com saúde para a vida inteira”, disse Lorna Harries, professora da Exeter.