Quimera: entenda condição genética que fará Brisa perder filho em "Travessia"

Todo sofrimento para Brisa (Lucy Alves), em "Travessia", é pouco! Depois de ser vítima de fake news, traída pelo marido e presa injustamente, a protagonista descobrirá sofrer com uma condição genética raríssima, chamada quimerismo. Porém, exatamente por ser quimera - como é o nome da pessoa que sofre com a doença -, Brisa não conseguirá provar a maternidade de seu filho com Ari (Chay Suede), perdendo a guarda do menino.

Tudo vai começar quando a sogra, Núbia (Drica Moraes), acusará a personagem de Lucy Alves de trair o esposo. Por isso, a jovem terá que fazer um teste de DNA para provar que Tonho (Vicente Alvite) é realmente filho de Ari. Só que o resultado vai ser surpreendente: o namorado de Chiara (Jade Picon) é pai do menino, mas Brisa não é a mãe dele. O ex-casal já vai estar na briga pela custódia do filho e a justiça retirará a guarda da moça.

Quando a fofoca se espalha, os boatos de que a protagonista sequestra crianças irá voltar com mais força - mesmo que ninguém consiga explicar por que Ari é, de fato, o pai de Tonho. Tudo será explicado bem depois, quando o professor Dante (Marcos Caruso) ajudará Brisa a descobrir que ela é quimera - uma pessoa com material genético modificado.

Vem entender melhor o que é quimerismo e como isso afeta o exame da personagem de Lucy Alves.

O que é uma pessoa quimera?

A pessoa quimera possui dois materiais genéticos diferentes nas suas células. Enquanto isso pode acontecer...

Leia +


Leia +

Justin Bieber e a Síndrome de RAM: entenda a condição que paralisou rosto do cantor
Burnout: entenda a condição, que também afeta crianças e adolescentes
Jade Picon, de "Travessia", processa ex-sócio por prejuízo de R$ 180 mil. Entenda!