Carmo Dalla Vecchia rebate preconceitos ao falar sobre sexualidade: "Me legitimar"

Carmo Dalla Vecchia em entrevista (Reprodução Globo)
Carmo Dalla Vecchia em entrevista (Reprodução Globo)

Carmo Dalla Vecchia falou pela primeira vez sobre sua sexualidade em 2021, e, desde então, afirmou que falar publicamente sobre ser gay é combater o preconceito que assombra pessoas LGBTQIAP+ desde a infância.

"Nós, que somos gays, nascemos em uma sociedade que o tempo inteiro diz que a gente tá errado. Então, em algum lugar, isso habita dentro da sua cabeça. O ato de eu chegar, vir a público e dizer 'olha, minha realidade é essa' foi uma forma que eu encontrei de legitimar minha sexualidade", comentou durante o programa "Foquinha no Gshow".

Carmo e seu marido, o autor João Emanuel, são pais do pequeno Pedro, que nasceu após um processo de inseminação artificial. O ator afirmou que precisou realizar o procedimento fora do país por questões de leis. "Eu tive uma relação muito boa com a nossa barriga de aluguel, que eu mantenho até hoje. Uma relação bastante respeitosa. Eu e João tivemos uma conversa com ela e o esposo dela, pra saber se a gente faria o acordo, se a gente se gostava, se tinha afinidade. A gente teve algumas reuniões, e aí tudo ficou absolutamente claro".

Em papo com o Yahoo meses atrás, o ator afirmou que recebeu muitas críticas ao falar abertamente sobre sua realidade como homem gay. "Abri a nível nacional a minha sexualidade quando muita gente dizia: 'esse menino é louco, ele é um galã, vai perder o emprego. "A partir do momento que você assume uma postura, eu senti que eu acabaria eliminando o medo de: 'e se fulano souber?' 'E se fulano fofocar a meu respeito'?. (...) Eu senti que ia me livrar de todo esse pensamento".

Carmo se declarou para JEC durante o "Super Dança dos Famosos", e explicou que conversou com ele sobre a exposição ao vivo na TV. "Ele me deu liberdade de me expor. É claro que quando isso aconteceu, de alguma forma, eu acabei obrigando ele a fazer um outing também. Mas isso não foi uma grande questão, não foi um problema muito grande na minha casa".