Quer chegar aos 90 anos? Veja então o quanto você deve se exercitar

Para chegar aos 90, as mulheres devem fazer 60 minutos de exercícios diários, e os homens 90 minutos [Foto: Getty]

Sabemos que a prática de atividade física é um dos fatores que contribui para a longevidade, juntamente com uma alimentação saudável e três xícaras de café por dia.

Mas uma nova pesquisa revelou quanto exercício é preciso fazer para chegar aos 90.

O estudo, publicado na revista Journal of Epidemiology and Community Health, revelou que mulheres que fazem atividade física por uma hora por dia têm uma chance muito maior de chegar aos 90 anos do que aquelas que fazem menos de 30 minutos.

Pesquisadores do Departamento de Epidemiologia da Universidade de Maastricht, na Holanda, analisaram como o tamanho do corpo e a prática diária de exercícios pode impactar a longevidade de ambos os sexos.

Os resultados revelaram que mulheres que fazem entre 30 e 60 minutos de atividade física por dia têm uma probabilidade 21% maior de chegar aos 90 do que aquelas que fazem 30 minutos ou menos.

A pesquisa ainda mostrou que o ideal é que as mulheres façam uma hora de exercícios por dia.

No que diz respeito aos homens, aqueles que fazem 90 minutos de atividade física por dia têm uma probabilidade 39% maior de chegar aos 90 do que aqueles que fazem menos de meia hora.

São dados interessantes, mas como saber o que conta como exercício físico?

“Muitos não percebem que suas atividades do dia a dia podem ajudar a queimar combustível, e acabam interpretando de forma incorreta o que pode ser considerado ‘exercício,’” explica Melissa Weldon, instrutora do Sweat It.

“Não é preciso suar para que algo seja classificado como exercício. Atualmente sabemos que há atividades que diárias que podem ser tratadas como atividade física e contribuem para a queima de calorias. Estas atividades incluem qualquer coisa que acelere os seus batimentos cardíacos e deixe você sem ar”.

Estas são algumas sugestões compartilhadas por especialistas para que você consiga atingir sua meta diária de exercícios com mais facilidade.

Faça mais sexo

“O debate entre a esteira e o colchão é questionado por muitos, mas como as pessoas tendem a usar mais energia no quarto do que na academia, o sexo parece ser o vencedor,” diz Weldon.

Esqueça o elevador e use as escadas

Esta é uma dica antiga, mas continua válida. “Se quiser queimar de gordura, subir escadas é um dos melhores exercícios. Este hábito fortalece a parte inferior do corpo, tonifica as panturrilhas e proporciona bem-estar,” explica Melissa Weldon.

“Junto com estes benefícios, esta atividade também pode acelerar os batimentos do seu coração antes de se sentar no escritório por horas”.

A natação é tão boa quanto a corrida em termos de aumento da frequência cardíaca [Foto: Getty]

Alterne atividades na sua rotina de exercícios

“Você não precisa correr para aumentar a frequência cardíaca; pedalar, nadar, escalar, andar a cavalo, fazer uma aula de boxe, um treino HIIT ou uma sessão de pilates são alternativas igualmente benéficas para se movimentar no dia a dia,” diz Matt Roberts,  personal trainer das celebridades que atua na plataforma Fiit.

Desça do ônibus 3 paradas antes

Weldon aconselha que você aproveite qualquer oportunidade para caminhar um pouco ao longo do dia. “Se você usa o ônibus para chegar ao trabalho, por que não descer 3 paradas antes e andar o restante do caminho? Você pode precisar alocar um tempo extra para chegar ao seu destino, mas caminhar é uma ótima maneira de se manter ativo e melhorar a forma física, sem a intensidade de outros tipos de exercícios”.

Tire proveito das atividades da casa

“Sempre que você está em pé e se movendo, está fazendo uma atividade cardiovascular que conta como exercício, mas é preciso manter o ritmo para elevar a sua frequência cardíaca,” diz Matt Roberts. “Passe aspirador na casa, cuide do jardim, jogue bola com as crianças ou leve o cachorro para passear”.

Faça prancha durante os comerciais

Ou entre os episódios de uma maratona no Netflix. “O comercial costuma durar cerca de dois minutos, um tempo ótimo para algumas repetições de prancha,” sugere Weldon.

“A prancha é um excelente exercício para o abdômen, que exige bastante dos músculos do core, e fazendo-a, você não precisa se sentir tão culpado por assistir televisão a noite toda!”

Malhar com um amigo pode ser uma boa forma de se motivar [Foto: Getty]

Experimente uma aula nova

Às vezes, todos precisam de um pouco de orientação. Você tem a intenção de ir à academia e fazer um treino pesado, mas não tem a motivação e/ou o conhecimento para fazer isso sozinho. “Experimente uma aula que ofereça tudo que você quer e possa ajudá-lo a completar seus 60 minutos de exercícios diários,” diz Weldon.

As aulas em grupo também têm outros benefícios. “Quando você está em grupo, tem uma probabilidade maior de trabalhar duro, não faltar e curtir a atividade!” explica Matt Roberts.

Marie Claire Dorking