Quem é o modelo que postou foto no quarto de Reynaldo Gianecchini?

Reynaldo Gianecchini está com novo visual e postou cliques em seu perfil na rede social (Foto: Divulgação TV Globo)
Reynaldo Gianecchini está com novo visual e postou cliques em seu perfil na rede social (Foto: Divulgação TV Globo)

Reynaldo Gianecchini e o modelo Wadih Vilela postaram fotos no mesmo quarto de hotel em Pinhais, no Paraná, no último fim de semana. As imagens publicadas no mesmo dia e com a mesma pose agitaram as redes sociais e os internautas logo apostaram em um romance. Será?

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Wadih Vilela é médico especialista em atendimento de emergência. Nesta terça-feira (29), inclusive, ele fez Stories direto do SAMU. O suposto affair de Gianecchini também já foi candidato a Mister Brasil pelo Rio Grande do Sul. Com um abdômen definido, o rapaz gosta muito de treinar e curtir uma praia. As fotos de sunga sempre garantem aquele engajamento no Instagram.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Reynaldo Gianecchini está em Curitiba gravando o filme "Uma Família Feliz", no qual será par romântico de Grazi Massafera. A atriz chegou a publicar fotos nos bastidores do longa e as imagens dela com uma barriga de gravidez falsa deixou o público na ansiedade para conferir a história.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Ator já falou sobre sexualidade

Em setembro, Reynaldo Gianecchini falou sobre sua sexualidade ao "Flow Podcast". O ator, que já havia se declarado bissexual, afirmou que o Brasil é um país de pessoas reprimidas e reforçou o quanto foi corajoso ao "sair de uma gaveta".

"Você tem que olhar sua sexualidade com uma lupa. As pessoas tratam isso como um 'oba, oba', na brincadeira, como 'Olha a cabeleira do Zezé, será que ele é?'... E não é isso. Existem muitas nuances e pouca gente fluida na sua sexualidade. Acho que a gente é um país de pessoas reprimidas. Quem quiser concordar comigo ou não, mas na minha percepção, eu acho isso. Acho que isso é um grande problema da humanidade você ser reprimido. Tudo que reprime aqui, a conta lá na frente vem, de uma forma distorcida, e não tão fluida...", avaliou.

Na ocasião, o artista também disse que não se importa em falar sobre o assunto, mas acredita que tudo que tinha para dizer sobre sua orientação sexual já foi dito.

"Já falei milhões de vezes... Mas se precisar falar mais vezes, eu bato na mesma tecla, que é isso: um exercício de todo mundo olhar para si. Parar de olhar para o dos outros. Eu não acredito muito nessas gavetas que foram convencionadas. Acredito que cada um tem a sua sexualidade, que pode ser diferente... A minha, eu precisei fazer esse exercício. A vida foi me levando, e acho que eu fui corajoso de sair de uma gaveta... Acho interessante quebrar esse castelinho. Porque o seu ser está querendo se expressar fora do que todo mundo espera de você, fora dessas convenções sociais", completou.