Quem canta "Cavalo Preto"? Entenda a história da música preferida de Zé Leôncio

Marcos Palmeira interpreta Zé Leôncio em
Marcos Palmeira interpreta Zé Leôncio em "Pantanal" (Foto: João Miguel Júnior/Globo)

Se você está assistindo "Pantanal" certamente já prestou atenção na música "Cavalo Preto", a preferida de Zé Leôncio (Marcos Palmeira). A trilha sonora é especial para o personagem, pois também era a canção favorita do seu pai, que desapareceu e se tornou o Velho do Rio ainda na primeira fase da trama.

No capítulo desta terça-feira (24), Zé Lucas (Irandhir Santos), que ainda não sabe que é filho do peão mais poderoso da região, participou de uma roda de viola e pediu para cantar a moda. A paixão dele por "Cavalo Preto" foi um alerta para Leôncio, que já estava impressionado com a semelhança dele com seu pai.

"Ocê gosta dessa moda?", questionou o personagem de Marcos Palmeira. "E tem quem não goste?", respondeu Zé Lucas (Irandhir Santos), deixando Filó (Dira Paes) arrepiada.

A história da música

"Cavalo Preto" foi gravada pela primeira vez pela dupla Palmeira e Luizinho no ano de 1946. O compositor da música que faz sucesso até hoje é Anacleto Rosas Jr. O artista nasceu em Mogi das Cruzes, interior de São Paulo, no ano de 1911.

Ícone das modas sertanejas, a canção foi regravada mais de 10 vezes. A versão mais famosa é a de Tonico e Tinoco em 1970. Quando participou de "Pantanal" interpretando Tibério, em 1990, Sérgio Reis também regravou a moda, que faz parte do seu álbum "Pantaneiro".

A relação de "Cavalo Preto" e "Pantanal"

Sérgio Reis, além de ter feito sucesso interpretando Tibério, marcou a geração que acompanhou a novela original por ter inspirado o autor Benedito Ruy Barbosa.

"Convidei Benedito para passar uns dias descansando na minha pousada e ele ficou maravilhado com o Pantanal. A história toda foi escrita como se a fazenda de José Leôncio fosse no meu hotel, e muitas cenas são filmadas lá, como o ninho das cobras, por exemplo”, disse o artista em entrevista ao jornal O Dia em 1990.

Para o remake, porém, a Globo apostou na versão de Chico Teixeira, que também foi escalado para participar da novela interpretando o peão Quim (o personagem morreu em um capítulo da semana passada). O artista deu uma repaginada na música.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos