Quem ama cuida, explica mulher de Stênio Garcia após críticas por interromper entrevista

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Depois de ter virado alvo de muitas críticas após interromper uma entrevista do marido Stênio Garcia, Marilene Saad resolveu se pronunciar sobre a situação na noite desta quarta-feira (13). Ela admitiu que tentou colocar uma máscara no ator para evitar a Covid-19, mas negou ter sido "agressiva". A empresária acusou a equipe de reportagem de "sensacionalismo" ao divulgar o vídeo, que acabou viralizando nas redes.

"Eles querem sensacionalismo. Eu não estava maltratando, estava tentando colocar a máscara nele. Não vou deixar vocês me massacrarem. Muitos que nos conhecem falam que se o Stênio chegou bem aos 90 anos é porque tem alguém cuidando. Quem ama cuida", começou Marilene.

"Por que eu tive aquela explosão? Porque os médicos me pediram. Porque se ele pegar [Covid], se ele pegar uma gripe que seja, ele pode vir a óbito porque a gente não sabe o que ele tem", ressaltou para em seguida completar. "Os médicos me deram uma incumbência, disseram: 'Não deixe ele tirar a máscara'. Eu jurei para três médicos que ele não ia tirar a máscara", explicou Marilene.

Ela, que também é atriz, ainda revelou que Stênio Garcia não havia recebido autorização médica para comparecer ao evento de lançamento de dois livros de Beth Goulart, mas, por consideração à família da atriz, fez questão de comparecer ao evento em um shopping na zona sul do Rio nesta terça-feira.

"Ele está com um problema no coração. Ontem, ele foi proibido de ir, aliás, ele está proibido de ir à academia, de ir a qualquer lugar. Nós fizemos uma viagem no final de abril, quando ele fez 90 anos, e lá a pressão dele caiu. Ele passou muito mal. Desde então, o remédio que ele tomava para a pressão arterial, há mais de 30 anos, foi retirado", comentou ela.

Na legenda da publicação, o perfil de Stênio Garcia escreveu: "Contando a verdade para pararem de julgar quem estava zelando por mim. A Marilene Saade só estava cumprindo a ordem do meu cardiologista e do meu clínico. Me empolguei e tirei a máscara, e ela, ao ver, foi recolocar, com toda razão. Eu sou matuto e teimoso, mas ela estava fazendo o que tinha que fazer e ela cuida de mim 24 horas por dia e está sem dormir desde que fiquei hipotenso. Exames serão realizados e vamos compartilhar com vocês. Escutem e entendam. Na minha opinião, a imprensa devia ter ligado e checado antes de publicar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos