Quatro inovações do novo filme de ‘As Panteras’

Foto: Divulgação

Por Maria Barros

A aguardada continuação de ‘As Panteras’ chega aos cinemas nesta quinta-feira, 14 de novembro, quinze anos após o último filme da franquia.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

Protagonizado por Kristen Stewart, Naomi Scott e Ella Balinska, o novo longa segue os eventos do filão encabeçado por Cameron Diaz, Drew Barrymore e Lucy Liu, e não mede menções ao trio. Agora, a Agência Townsend, comandada pelo misterioso Charlie, se tornou uma organização global que conta não com um, mas vários esquadrões de agentes.

Leia também

A década e meia que separa os filmes trouxe algumas inovações ao universo de ‘As Panteras’. Confira abaixo algumas delas:

Brilhos e paetês

Foto: Divulgação

O guarda-roupa preto deu lugar a muito brilho no closet das Panteras. Enquanto as agentes dos anos 2000 prezavam pelo conforto e discrição no look — apesar de não descerem do salto alto na hora da ação — a geração encabeçada por Elizabeth Banks, diretora e roteirista do filme, mistura glamour com funcionalidade. Vestidos chiquérrimos são feitos com material à prova de balas, e botas, muito mais úteis e confortáveis, são levadas na bolsa para enfrentar os bandidos. “Era a oportunidade dos filmes de ação se encontrarem com a moda”, disse Banks ao site da revista ‘Entertainment Weekly’.  

O closet atrás do closet

Foto: Divulgação

Não bastasse o luxuoso conjunto de disfarces, a nova geração de Panteras conta com equipamento de ponta para as missões. Pontos no ouvido são coisa do passado. O esquadrão se comunica através de implantes subcutâneos, ainda longe de existirem na vida real. Mas, se há dezenove anos a agência de Charles Townsend previu as impressoras em 3D, quem sabe a tecnologia não se torna realidade em um futuro próximo?

Revezes ideológicos

Foto: Divulgação

As personagens de Diaz, Barrymore e Liu deram o sangue para impedir que um software de localização em tempo real — inédito nos anos 2000 — caísse em mãos erradas e, eventualmente, acabasse com a privacidade. Mal sabiam elas que, dezenove anos mais tarde, as próprias Panteras iriam usar e abusar dessa tecnologia para cumprir suas missões.

Girl Power por toda a parte

Foto: Divulgação

O longa não acompanhou apenas a evolução tecnológica e as novidades da moda, mas também as mudanças sociológicas. Em tempos de Girl Power, o empoderamento feminino está por todos os lados do filme, desde “Bosleys” mulheres até a trilha sonora, interpretada por Miley Cyrus, Lana del Rey, Ariana Grande, Anitta, entre outras.


Veja o trailer abaixo: