Quase mil brasileiros presos no Peru conseguem voltar ao país

Mesmo os que não tinham passagens compradas foram contemplados na lista (Foto: Brisa Andrade)

Na última terça-feira, 24, brasileiros que estavam no Peru conseguiram chegar ao país de origem. Por causa do coronavírus, as fronteiras do país estão fechadas desde o dia 15 de março e os voos foram cancelados. Assim, muitas pessoas se viram impedidas de voltarem ao Brasil.

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

O voo que saiu de Lima em direção ao aeroporto de Guarulhos foi operado pela Latam e mesmo quem não tinha passagem foi contemplado.

Foi o caso de Brisa Andrade, que morava no Peru há dois anos, onde cursava um mestrado. “Foi uma confusão danada ontem (terça-feira). A lista com nossos nomes na Latam só saiu terça de manhã, então, a embaixada do Brasil comunicou que a gente tinha que estar 8 horas da manhã na porta, isso saiu na segunda-feira”, relata. A embaixada levou os passageiros de ônibus até o aeroporto.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Segundo Brisa, ela não recebeu nenhuma ligação e ficou surpresa ao encontrar o nome na lista. Ela esperava voltar ao Brasil com um voo humanitário da Força Aérea Brasileira. Nas redes sociais da embaixada brasileira no Peru, o post com os nomes dos brasileiros que estavam em Lima foi publicado “a pedido da Latam”.

A brasileira relata que a aeronave não estava cheia. Ao chegar em São Paulo, Brisa tentou ir para Belo Horizonte, mas não conseguiu passagens de ônibus. A única maneira foi comprar uma passagem aérea pela Gol, que sairá às 17h. Dessa forma, ela teve de dormir no aeroporto e espera o horário de volta.

Leia também

Jacyara de Barros estava em Cusco e encontrou o nome em outra lista, também divulgada no Facebook da embaixada. O voo saiu da cidade peruana na terça-feira, fez uma parada no Chile e, em seguida, partiu para o Brasil. O aviso também foi na manhã da terça-feira.

Ao todo, já foram repatriados 954 brasileiros que estavam no Peru.

De acordo com informações da embaixada, nesta quarta-feira haverá outro voo saindo de Cusco, dessa vez operado pela FAB. A lista de passageiros que estarão nesse voo foi divulgada pela embaixada na noite de terça-feira. A operação é coordenada pelo Ministério da Defesa e das Relações Exteriores.