Quarta temporada de "Casa de Papel" estreia dia 3 de abril e futuro de Nairóbi é incerto

"La Casa de Papel". Foto: divulgação

Sucesso mundial, Pedro Alonso (Berlin), Alba Flores (Nairobi), Darko Peric (Helsinki), Rodrigo de la Serna (Palermo) e Esther Acebo (Estocolmo) foram recebidos ao som da famosa ‘Bella Ciao’ para divulgarem a quarta temporada de ‘Casa de Papel’, que estreia dia 3 de abril de 2020 na Netflix.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Nairóbi continua com o futuro incerto na série, já que na última temporada tomou um tiro da polícia. “Assim como nas últimas temporadas, os roteiristas continuarão surpreendendo o público. Não posso dizer muitas coisas, mas quem gosta da Nairóbi vai sofrer”, adiantou Alba levando o público presente na CCXP ao delírio.

Leia também

“Nairóbi representa uma classe desfavorecida e segue a vida com as oportunidades que tem. Ela tem valores (fiéis), senso de comunidade, talvez por isso desperte tanto empatia”, completou a atriz.

Elenco de "La Casa de Papel" na CCXP (Foto: Amauri Nehn/Brazil News)

Os atores também fizeram questão de destacar o papel feminino na série. Intérprete de Helsinki, Darko Peric afirmou “O Matriarcado está aqui”, fazendo referência à frase dita por Nairóbi.

“Nós mulheres estamos aí fazendo coisas e não apenas acompanhando os homens. Apesar de ser mãe, esposa, trabalho em um assalto como os outros, a Monica é uma trabalhadora como muitas mulheres aqui”, afirmou Esther, a Estolcomo, que chegou a se emocionar com o carinho do público brasileiro.

Esther Acebo, a Estocolmo de "La Casa de Papel", se emociona com recepção do público na CCXP. Foto: Amanda Serra/Yahoo Vida e Estilo

Como já adiantado na última temporada, a missão do grupo agora será se manter unido. “O próximo desafio é sobreviver. Vamos ter que tentar sobreviver nessa guerra, não é mais um assalto”, disse Rodrigo de la Serna, o Palermo. “O grupo precisa se reestruturar, assim como qualquer família está ferido”, completou Esther.

Em uma das cenas apresentadas ao público, o Professor (Álvaro Morte) aparece cercado pela polícia no meio da floresta, enquanto acredita que Raquel esteja morta, e sendo perseguido pelo inspetor Angel. Em um rompante de sobrevivência ele corre em direção ao sítio onde a amada foi capturada e dá de cara com um boi. Perseguido, ele joga no feno, embaixo de um carrinho e fica escondido do animal e da polícia.

Muito ovacionado pelos fãs, Pedro Alonso, o Berlin, agradeceu o afeto e recepção, e ainda arriscou umas frases em português.

Elenco de "La Casa de Papel" na CCXP (Foto: Amauri Nehn/Brazil News)
Darko Peric (Helsinki) surgiu com a camiseta do Ratos de Porão na CCXP (Foto: Amauri Nehn/Brazil News)

“Gostaríamos de agradecer a todos que ficaram sem dormir, fizeram um esforço econômico enorme para estarem aqui hoje. Digo em nome do grupo e trabalhamos para atender vocês.”