Qual a melhor corretora de investimentos? Saiba como escolher

Felipe Blumen
·2 minuto de leitura
Qual a melhor corretora de investimentos? Saiba como escolher
A melhor corretora é aquela que vai atender melhor a suas demandas como investidor. O que vale é aprender a escolher corretamente.

Sempre que alguém começa a pesquisar sobre como investir seu dinheiro, as corretoras de investimentos surgem como opção necessária e facilitadora de vários processos e aplicações. Mas qual a melhor? A resposta, na verdade, é: depende.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Cada corretora funciona de um modo, com suas regras e taxas e diversificações. As instituições sérias são sempre reconhecidas por entidades controladoras e trabalham nos principais mercados - é a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que fiscaliza e alerta os investidores em relação a qualquer irregularidade encontrada nelas. A concorrência é enorme, então todas buscam oferecer o melhor serviço com menores taxas.

A melhor para você, portanto, é aquela que atenderá melhor a suas demandas como investidor. O que vale é saber escolher corretamente.

Leia também

O que são corretoras de investimentos

Um primeiro ponto a entender é que corretoras não são donas dos investimentos. Elas são intermediárias que conectam o investidor ao investimento. Assim, quando você entra na plataforma de uma corretora, encontra um cardápio de investimentos em que ela vai ajudar a colocar seu dinheiro.

Normalmente, as boas corretoras trabalham com investimentos em renda fixa, como Tesouro Direto (linkar “Como investir no tesouro direto em quatro passos” quando sair) e títulos privados, fundos de investimento (linkar: “Como investir em fundos de investimento? Tire suas dúvidas) e, principalmente, ações da bolsa de valores. O home broker de uma corretora é o nome dado a sua plataforma de negociação de ações na bolsa.

Como escolher a melhor corretora

Na hora de eleger uma corretora para chamar de sua, tente levar em conta os seguintes fatores:

  • Pense no seu objetivo com seus investimentos e no seu perfil como investidor. Cada corretora foca em um grupo específico de investidores, daqueles que compram e vendem ações a curto prazo àqueles que querem criar fundos de reserva.

  • Os custos e taxas aplicados pela corretora têm a ver com isso. Veja quanto você vai pagar para investir em determinada modalidade - algumas oferecem maiores isenções, como ausência de taxa de corretagem para operações na bolsa ou taxa de custódia para estar com seu dinheiro lá parado.

  • Como qualquer serviço, a qualidade do atendimento é um diferencial. Se é boa parte do seu dinheiro que está ali, você merece disposição em troca.

  • Repare se é fácil de abrir a conta e se o site ou o home broker têm boa usabilidade e design. Todas as informações necessárias para realizar seu investimento devem estar claras e dispostas na interface.

  • Por fim, a diversidade de opções de investimento é algo fundamental. Descubra se a corretora tem um home broker próprio para investir na bolsa, se são boas as alternativas de investimentos em renda fixa, se ela tem acesso aos principais fundos de investimento. É aqui que ela deve entregar o que você está buscando.