Pyong Lee é criticado por doar gatos antes de entrar no 'BBB 20'

(Foto: Reprodução/Instagram @pyonglee @quasareaustin)

Pyong Lee, participante do ‘Big Brother Brasil 20’, é centro de mais uma polêmica. Depois de ser detonado por entrar no reality show com a esposa prestes a dar à luz o primeiro filho do casal, o youtuber e hipnólogo virou alvo de críticas por doar seus dois gatos pouco antes de entrar na casa.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

O “brother” deu os animais para o pai quando descobriu a gravidez da influenciadora digital Sammy Lee em outubro do ano passado. Ele parou de publicar fotos com gatos e os fãs perguntaram sobre o paradeiro de Quasar e Austin, que têm até uma conta no Instagram.

Leia também

Pyong revelou que “se livrou” dos gatos com a justificativa de que os bichos podem ser perigosos para as gestantes por conta do risco de transmissão da toxoplasmose, infecção conhecida como a “doença dos gatos”. A declaração, no entanto, não pegou bem entre os seguidores do influenciador e defensores dos animais, que o acusaram de promover um desserviço sobre os felinos.

(Foto: Reprodução/Instagram @pyonglee)

Segundo a médica veterinária Fernanda Fragata, do Hospital Sena Madureira, os gatos se infectam comendo alimentos mal cozidos ou pela água contaminada, e podem transmitir a doença apenas através das fezes. Vale ressaltar que o contato com os animais não causam a toxoplasmose. A especialista afirma que é impossível os gatos domiciliados pegarem a doença se os donos garantirem alguns cuidados básicos ao animais. Confira as recomendações abaixo:

  • Manter a água dos gatos limpa;

  • Oferecer água filtrada ou mineral;

  • Evitar alimentos crus e alimentar os gatos com ração e petiscos;

  • Evitar o acesso à rua e contato com outros gatos;

  • Manter vacinas e vermífugos em dia;

  • Visitar o veterinário de seis em seis meses;

  • Garantir a higiene dos felinos.

“Seguindo as recomendações, os gatos não oferecem riscos para ninguém. Quem tiver medo, pode levar os gatos para fazer exames que identificam se eles são portadores da doença. E ainda é possível controlar a toxoplasmose”, diz Fernanda. “As gestantes também podem evitar mexer na caixa de areia ou usar luvas durante o período, não é preciso se desfazer dos animais”, finaliza a médica.

Após receber críticas nas redes sociais, Pyong Lee retomou o assunto e negou abandono. “Eles estão sendo muito bem cuidados pelo meu pai. Meu pai já estava querendo adotar, queria ter gatos. E quando fomos na médica, ela nos alertou e falou assim: ‘não é bom ter contato’. Nós ficamos preocupados com a informação, ainda mais que seremos pai e mãe pela primeira vez”, diz em vídeo.

Ele também se desculpou por não ter compartilhado mais informações sobre a doença. “Não precisam doar ou levar pra outro lugar. É só ter higiene, cuidar direitinho e manter as vacinas em dia”, completa. Pyong ainda conta que visita os pets na casa do pai.