Pyong Lee diz que processará internauta que falar mentiras sobre ele

Foto: Reprodução/Instagram (@pyonglee)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ex-BBB 20 Pyong Lee usou seu perfil no Twitter para avisar que processará internautas que falarem mentiras sobre ele nas redes. "Alguns fãs revoltados já podem esperar processinho em casa", escreveu ele, acrescentando que contratou sete advogados e que, nesse momento, estaria reunindo provas do Twitter e do Instagram.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no InstagramFacebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

"Contratei 7 advogados para processar todos os criminosos da internet que acham que podem ficar impunes depois de falar merda. Tirei mais de 500 prints já. Me mandem mais se tiverem, além do print do perfil. Pode ser do Twitter ou Instagram! O prêmio do BBB só em processos", escreveu.

Leia também

Em seguida, ele afirmou que os processos não serão encaminhados aos "haters", e sim a casos mais sérios de "brincadeiras" envolvendo ele e sua família. Como exemplo, ele usou uma montagem em que um internauta sugeria que ele havia atirado no próprio filho.

"Se vocês estão achando que os processos são por causa de 'haters' e zoação, fiquem tranquilos. Eu não ligo pro engajamento que vocês me dão. São só os criminosos que serão punidos mesmo", escreveu.

Após ser eliminado do reality, no final de março, Pyong revelou que tem sido alvo de ataques na internet, especialmente pela torcida de Felipe Prior.

No Twitter, o hipnólogo mostrou uma mensagem que recebeu de um internauta: "Coreano, se eu te pegar na porrada, eu te mato".

"Triste né", escreveu Pyong. "Por causa de um cara. Por causa de um jogo. Muita gente doente nesse país. Tá louco".