Pyong diz que quer ir ao paredão com Babu no "BBB20"; Rafa e Manu criticam postura de Marcela

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Na madrugada deste domingo (15), o assunto mais tratado pelos participantes do BBB foi a formação do paredão. Ivy, que ganhou a prova do anjo junto com Daniel questionou Pyong sobre o benefício. "Temos que conversar sério sobre o anjo. Você não quer ser imunizado?". O hipnólogo respondeu, então, que não gostaria de colocar em risco pessoas que deseja proteger, que ele não sabe como são no paredão.

"Eu tenho coragem de ir, quero ir com o Babu. Pergunta agora para as pessoas quem quer enfrentá-lo no paredão com convicção de que vai voltar. Se tiver alguém, pode me imunizar. Caso eu saia, vou deixar possíveis leituras e aí vocês fazem o jogo de vocês", completou o ilusionista.

No jardim, Thelma chorou ao falar sobre o castigo do anjo. A anestesiologista disse a Pyong que se tivesse ganhado a prova não daria o castigo do monstro a nenhum dos integrantes do grupo apelidado de 'comunidade hippie'. "É muito ruim quando não é recíproco. Está me doendo muito, não pelo monstro, mas pelo significado disso", ressaltou.

A decepção é tão grande que Thelma afirmou para Pyong e em outro momento para Marcela que Daniel é sua opção de indicação. "Diante dessa frustração, eu não consigo votar em outra pessoa", disse à ginecologista. Ela completou seu raciocínio afirmando ter se sentido sozinha várias vezes na casa, o que a levou a se questionar se realmente fazia parte de um grupo. "Sou prioridade para algumas pessoas? Existe um grupo de afinidades, mas está bem determinado quem está com quem aqui", analisou.

Observando toda a situação, Rafa e Manu se mostraram bastante incomodadas com a postura de Marcela, em relação a Thelma. A ginecologista resolveu ficar colada ao big fone em vez de apoiar a amiga durante o castigo do monstro. "Estou falando em mais do que votos, mas em estar ao lado de pessoas que estão com você", disse a atriz, que contou com o apoio da influenciadora digital que foi categórica ao afirmar que mesmo que estivesse no olho do furacão, não deixaria uma amiga passar por aquilo sozinha.