Público perde noção e Casa Abandonada vira até cenário no The Sims

Casa Abandonada é recriada no jogo
Casa Abandonada é recriada no jogo "The Sims". (Foto: Reprodução/Twitter)

O podcast “A Mulher da Casa Abandonada”, que denuncia um crime bárbaro cometido pela brasileira Margarida Bonetti nos Estados Unidos, viralizou nas redes sociais nos últimos dias e parece que o público esqueceu que o caso escrito e narrado por Chico Felitti, é uma investigação jornalística sobre escravidão moderna.

Depois que a mansão que ela se abrigou por 20 anos virou quase ponto turístico no bairro nobre de Higienópolis, em São Paulo, o local se tornou até cenário na série de jogos eletrônicos The Sims 4. Pelo Twitter, um ouvinte do podcast da Folha de S. Paulo mostrou imagens do casarão degradado que recriou no jogo e incluiu até uma personagem usando pomada branca no rosto como Margarida.

Por muito tempo, algumas pessoas acreditaram que a mansão era um local abandonado e assombrado. Somando com a narrativa envolvente, o mistério do passado de Margarida e sua verdadeira identidade, já que ela passou a apresentar como Mari, contribuiu para que a história se tornasse um sucesso.

Teve quem fosse ao local para fazer dancinha, tirar foto e tentar fazer registros de Margarida, usando a pomada no rosto. No entanto, é preciso lembrar que Margarida Bonetti é foragida do FBI por ter escravizado, torturado e mantido em cárcere privado uma mulher por duas décadas.

Para Chico Felitti, as dancinhas no TikTok e memes são válidos, desde que as pessoas não se esqueçam que o foco da história é o crime cometido 20 anos atrás por Margarida e o marido, Renê Bonetti, que escravizaram uma empregada doméstica quando se mudaram para os Estados Unidos após o casamento, em 1970.

"[Espero] que não se perca a possibilidade da gente discutir escravidão contemporânea. O Brasil ainda é um dos países que mais tem escravidão doméstica contemporânea. Talvez possamos usar essa energia para debater como denunciar e como impedir que isso aconteça", disse em entrevista ao Yahoo.

O quinto episódio do podcast a ir ao ar, "Outras tantas mulheres", destaca justamente isso ao mostrar histórias de mulheres negras escravizadas por famílias brancas nos dias atuais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos