Provavelmente você tem pequenos insetos vivendo agora nos seus cílios

Foto por: Teresa Recena / EyeEm – Getty Imagens

Atenção, existem dois tipos de insetos que podem estar morando em seus cílios.

Mas antes de correr para frente do espelho e começar a analisar os seus olhos, fique tranquilo, pois esses insetos (também chamado de ácaros de cílios), são, na verdade, muito comuns ( um fato normal), diz Howard R. Krauss, cirurgião neuro-oftamologista do Providence Saint John’s Health Center.

Mesmo assim, não é a coisa mais reconfortante saber que neste exato momento minúsculas criaturas estão subindo e descendo por seus cílios – então aqui mostramos o que você precisa saber sobre isso, bem como o que eles podem estar tentando dizer.

Tudo bem, mas o que exatamente são esses ácaros de cílios?

Ácaros de cílios – também conhecidos como Demodex Folliculorum, ou simplesmente Demodex – são passados de pessoa para pessoa e moram no rosto – principalmente ao redor dos folículos pilosos (que é onde eles depositam seus ovos). Eles se alimentam de muco, sebo e óleos que as pessoas tendem a acumular em seus poros faciais e glândulas ao redor do olho, diz Krauss.

Algumas pessoas têm mais ácaros do que outras, ele diz, especialmente se você tem a pele oleosa ou tem o costume de dormir com maquiagem.

Esses ácaros também podem se multiplicar em sua pele se seus olhos estivem inflamados ou irritados, diz Krauss (de novo, por causa do muco extra que está acumulado).

Então o que eu preciso saber se tiver isso?

Bem, há uma chance muito boa de que você tenha uma tropa de ácaros chamando seus cílios de ‘lar doce lar’ (lembre-se: eles amam o óleo em seu rosto, o que é totalmente normal). Eles não podem ser vistos a olho nu (mas se você quer quiser se arriscar a vê-los, olhe para um cílio caído com uma lente aumentada em 16x, diz Krauss).

Certas condições podem tornar uma pessoa mais propensa a ter esse tipo de ácaro, como a TBH (tuberculose), embora esse problema seja mais preocupante do que os ácaros em si. Se você tem blefarite (inflamação da pálpebra que causa lacrimejamentos, vermelhidão, coceira ou ressecamento) ou alergia – por exemplo – provavelmente você tem mais chances de ter ácaros, já que seus olhos estão acumulando mais muco.

As mulheres também podem ter mais ácaros do que os homens (devido a razões hormonais) e as pessoas mais velhas tem mais ácaros do que as mais jovens (pois a secreção sebosa aumenta conforme a idade, diz Krauss)

Ok, mas se eu tenho ácaros, como faço para me livrar deles?

Calma, não é preciso se livrar de todos os seus ácaros dos cílios. Além disso, os ácaros são totalmente normais e você não precisa se preocupar sobre as coisas que os atraem (irritação, inflamação, muco extra). “Eu não acho que você deve se preocupar sobre ter ácaros nos cílios, mas você também não deve ignorar (fique atento a qualquer desconforto).”

Se você tem blefarite, por exemplo, aplique uma compressa quente e úmida ou lave os olhos com um pano limpo por alguns minutos, diz Krauss. A umidade quente tornará mais fácil a limpeza do acúmulo das crostas ao redor dos olhos. Ela também ajudará a reduzir as secreções das bactérias que causam inchaço e irritação nas pálpebras. Uma boa dica: Quanto menor for a secreção no canto dos olhos, menos ácaros você terá, pois eles não terão muito para se alimentar.

Mas se você tiver uma irritação que simplesmente não vai embora, procure seu médico para descobrir o que está acontecendo. Esses ácaros não são um problema (e estou falando sério!), mas os olhos com crostas e colantes, podem ser o sinal de um problema maior.

Women’s Health