Prova de resistência pela liderança do BBB 18

Foto: Reprodução/TV Globo

No programa desta quinta-feira, os participantes iniciaram a prova de resistência pela liderança da semana, que deve ir madrugada afora.

Começou a terceira prova que elege o novo líder na terceira semana de confinamento no Big Brother Brasil.

Antes de iniciar de vez a prova, Tiago Leifert conversou com os participantes para decidir quem perderia a chance de se tornar líder. No testamento do eliminado, Jaqueline decidiu garantir Kaysar na prova. Já o até então líder, Lucas, precisou eliminar duas pessoas da prova e escolheu Ayrton – por consequência Ana Clara – e Paula.

A prova de resistência consiste em ficar o tempo todo em pé em uma base. Eventualmente os Brothers recebem influências externas, como chuva e vento. Sem contar que, como na última semana, os 10 primeiros eliminados da prova podem tirar uma garrafa com uma consequência, dentre elas a imunidade e a eliminação da prova.

Com os últimos acontecimentos, os participantes estão bem compenetrados na prova, o que indica que ela deve durar por um bom tempo.

Ana Paula foi a primeira a deixar a prova. A catarinense conseguiu aguentar a pressão por 32 minutos. Quando saiu, tirou como consequência trocar de grupo da comida. Logo em seguida, com 45 minutos de prova, Patrícia deixou a disputa e ganhou o poder de eliminar alguém da prova do anjo.

Caruso foi o terceiro a deixar a prova, após duas horas e 46 minutos. Em sua garrafa estava a consequência de ter que revelar o seu voto para a casa no próximo domingo. Logo depois Gleici não segurou a barra e acabou eliminada. Sua mensagem mandava que tirasse alguém da prova e a escolhida foi Nayara. Em sua garrafa estava a missão de trocar alguém de grupo de comida quando for solicitado.

Nesta sexta-feira (9) tem Big Fone ao vivo.  O participante que atender terá que indicar alguém direto para o paredão. A pessoa só não poderá escolher o líder e o felizardo que ganhará imunidade na prova.