Professora explica para aluno surdo que todos podem ouvir seu pum

Aluno surdo descobre que todos podem ouvir seus puns – Reprodução/Pixabay PublicDomainPictures

Para uma criança que nasceu sem a audição, algumas situações comuns envolvendo sons podem ser um grande mistério. Um exemplo dado pela professora Anna Trupiano mostra com bom humor que soltar um pum é algo totalmente diferente para seus alunos de primeiro ano.

Leia mais: Aos 5 anos, garotinho faz bilhete em nome da professora para não ir à escola

Ela compartilhou um dialogo entre ela e os pequenos e o relato logo se tornou viral. “Hoje, um dos meus alunos surdos soltou um pum bem alto na sala e os estudantes que podem ouvir olharam todos para ele. O diálogo a seguir durou 15 minutos, todo na linguagem americana de sinais, entre o grupo de alunos surdos”, diz no início do texto.

Anna diz que o menino que soltou o pum perguntou à ela porque todos estavam olhando para ele e quando ela disse o que tinha acontecido, ele ficou chocado. “Como assim, eles podem ouvir peidos?!”, perguntou o menino.

Ela então explicou que não são todos os puns que podem ser ouvidos, o que deixou o menino ainda mais intrigado. “E como sabemos quais peidos podem ser ouvidos e quais não?”, perguntou. “Sabe quando às vezes seu bumbum se move quando solta pum? Muitos desses as pessoas podem ouvir. Mas se o bumbum não se move, eles podem não ouvir”.

A reação do pequeno foi extremamente engraçada e ele pediu: “diga à eles para pararem de ouvir meus peidos. Isso não é legal!”. Anna então diz que eles não podem parar de ouvir, que isso apenas acontece. “Então eu vou parar de soltar pum”, respondeu.

Quando a professora disse que soltar pum é normal e saudável e que todos soltamos, mais um dos estudantes surdos expressaram indignação. “Espere, todos mundo? Até minha mãe, meu pai e… você?”, questionou outro aluno.

Leia mais: Professora se oferece para cuidar de bebê para que aluna pudesse ir à entrevista de emprego

Ao receberem a resposta positiva, todos caíram na risada e em seguida perguntaram se as pessoas que escutam também podiam ver puns. Isso porque eles viram em desenhos animados uma fumaça verde saindo do bumbum de um personagem. “Não, isso não acontece na vida real”, disse Anna. “Eu realmente não entendo peidos”, respondeu o menino que havia soltado o pum.