Professora chama atenção ao decidir doar vestido de noiva com ajuda da web

·2 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A professora e estudante de direito Mayara Rocha, 29, tem chamado a atenção nas redes sociais após decidir doar o vestido com o qual se casou em 2017. A sul-matogrossense teve a iniciativa pensando em ajudar uma noiva que esteja pensando em comprar um vestido para oficializar a relação, mas esteja sem dinheiro para isso.

"Guardei meu vestido por esses quatro anos, mas sempre com a intenção de fazer a doação. Acabei deixando guardado, mas nesse feriado estava arrumando meu guarda-roupa e senti que era o momento", explicou Rocha ao F5 nesta quarta-feira (3).

"Com a permissão para voltar a realizar cerimônias, senti que ajudaria uma mulher a realizar seu sonho de se casar vestida de noiva", completou ela. Na postagem feita no Instagram nesta segunda-feira (1º) ela explicou que o item é no tamanho P, que precisa de alguns reparos por ter passado tanto tempo guardado e que também poderia doar a sandália que usou no próprio casamento, no tamanho 36.

"Para tentar achar essa pessoa que realmente precisa, gostaria que escrevesse aqui a história do casal e a que Deus tocar meu coração eu escolherei", disse na rede social, deixando claro não se tratar de um sorteio, mas, sim de "um pedido do Senhor".

Rocha afirmou que já foi procurada por "cerca de 30 noivinhas" e que, como a busca foi grande, em vez de definir a felizarda no dia 15 de novembro, como faria inicialmente, adiantou a data para esta sexta-feira (5). "Vou selecionar três e combinar para a prova do vestido no fim de semana, pois se não couber ou se a pessoa não gostar no corpo, posso mandar mensagem para as outras duas opções. Peço a compreensão", disse.

Rocha contou também que duas mulheres a procuraram contando que também doarão os vestidos com os quais casaram após conhecerem a iniciativa dela. "Fiquei muito feliz", concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos