Produtora de franquia 007 indica que James Bond nunca terá versão feita por mulher

(Imagem: divulgação MGM)

A especulação de parte do público que gostaria de ver uma mulher interpretando uma versão do personagem James Bond dificilmente se tornará realidade. Principalmente se depender da aprovação de Barbara Broccoli, produtora executiva da franquia, que falou sobre o assunto em entrevista ao jornal britânico The Guardian, publicada neste último final de semana.

“Bond é um homem. Ele é um personagem masculino. Ele foi escrito assim e acredito que continuará desta forma”, declarou. “E está tudo bem. Nós não temos que transformar personagens masculinos em mulheres. Vamos simplesmente criar mais personagens femininos e fazer histórias compatíveis com estas personagens”.

A fala da produtora vai na contra-mão de uma tendência que vem ficando cada vez mais forte na indústria do entretenimento. Nos últimos anos, por exemplo, tivemos os remakes de ‘Caça-Fantasmas’ e ‘Onze Homens e um Segredo’ estrelados por mulheres, além da primeira atriz vivendo o personagem-título de ‘Dr. Who’, uma das séries mais longevas da Inglaterra.

O 25º filme da franquia 007 recentemente teve seu diretor trocado. Saiu Danny Boyle (‘Trainspotting’ e ‘Quem Quer Ser Um Milionário’) e entrou Cary Joji Fukunaga (da primeira temporada de ‘True Detective’). A estreia foi adiada para fevereiro de 2020.