Produção de filme com Penélope Cruz e Banderas é suspensa por coronavírus

A proliferação do novo coronavírus que atingiu Madri forçou a suspensão da produção do novo filme estrelado pelos atores espanhóis Penélope Cruz e Antonio Banderas, anunciou nesta quinta-feira o estúdio responsável pelo projeto

"O Mediapro Studio anuncia a interrupção temporária a partir de hoje, 12 de março, das filmagens do filme 'Official Competition'", dirigido pelos argentinos Mariano Cohn e Gastón Duprat, indica o comunicado do estúdio.

"Essas são medidas de segurança e responsabilidade para a equipe de filmagem, dadas as preocupações de seus membros e para permitir que eles atendam às necessidades de suas famílias, principalmente após o fechamento de escolas em Madri" desde quarta-feira, como consequência do coronavírus, acrescenta o texto emitido pela produtora sediada em Barcelona.

O filme, que também inclui o argentino Óscar Martínez (que já trabalhou com Cohn e Gastón em "O ilustre cidadão"), começou ser rodado "algumas semanas atrás" na região de Madri, a mais afetada pelo coronavírus na Espanha, com previsão de término em meados de abril", destacou a Mediapro.

A produtora espera retomar as filmagens "o mais rápido possível para garantir a segurança de todos da equipe de produção".

Nesta produção, Penélope Cruz, vencedora do Oscar por "Vicky Cristina Barcelona", interpreta uma diretora à frente de um filme "financiado por um milionário ansioso por notoriedade" e estrelado por "dois atores com origens muito diferentes", interpretados por Banderas e Martínez.