• Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Produção de 'A Fazenda' corta conversa após Tiago criticar governo Bolsonaro

Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Resumo da notícia

  • A Record cortou uma conversa na qual Tiago criticava o governo de Bolsonaro

  • A fala aconteceu após Erasmo Viana dizer que o presidente aumentou o salário dos militares em seu governo

  • Uma das regras do reality é não falar sobre política, mas apenas Tiago teve a fala cortada

Tiago Piquilo teve uma fala cortada em 'A Fazenda 13' enquanto rebatia os argumentos de Erasmo Viana, que havia acabado de elogiar o governo de Jair Messias Bolsonaro (sem partido). A produção do reality costuma cortar as câmeras quando os peões falam de política, mas Erasmo não foi interrompido enquanto elogiava Bolsonaro.

A conversa começou quando Erasmo afirmou que Bolsonaro foi o único presidente a aumentar o salário dos militares. Quando o peão disse que o governo do presidente melhorou várias coisas no país, Tiago rebateu o argumento: "Mas a moçada tem reivindicado bastante, não está fácil não".

Leia também:

Imediatamente, a produção interrompeu a conversa trocando a câmera do PlayPlus e redirecionando a atenção do público para uma conversa aleatória dentro da casa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos