Procura por plásticas aumentam em 20% perto do Carnaval; médico faz alerta

Getty Images

Por Aline Nobre (linesnobre)

Com a proximidade do Carnaval o número de pessoas que desejam fazer cirurgia plástica aumenta. Implante de silicone nos seios, lipoescultura e próteses de glúteo são as mais buscadas. De acordo com Dr. Luiz Haroldo Pereira, pioneiro da lipoaspiração no Brasil, o número de pacientes pré-Carnaval é de até 20% a mais em relação a outras épocas do ano, tudo para estar com o corpo dos sonhos nos dias de festa. Mas, no desejo do visual impecável, algumas pessoas podem cometer erros na hora de decidirem fazer algum procedimento e o médico faz alguns alertas.

Receba no seu Whatsapp as novidades sobre o mundo dos famosos (e muito mais)

Nada de metacril!

“Ao decidir por uma operação desse tipo, que envolve riscos como qualquer outra, todo cuidado é pouco para evitar complicações de saúde. Esses procedimentos devem ser realizados com a presença de anestesista e de um cirurgião plástico. Nunca se deve fazer preenchimentos com metacril, acqua lift, hidrogel ou silicone industrial. Sempre procure um cirurgião especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e que pode ser confirmado do site cirurgiaplastica.org.”

Luiz Haroldo ressalta ainda o cuidado também que as pessoas devem ter na escolha do local aonde os procedimentos devem ser realizados. “O paciente deve se certificar de que a operação será realizada em centro cirúrgico, dentro de hospital com estrutura necessária para socorro em caso de alguma complicação. Às vezes, o paciente se preocupa mais em buscar o menor preço, mas há situações em que é melhor esperar um pouco e juntar mais dinheiro para fazer a cirurgia com segurança”.

Leia mais: Sabrina Sato volta ao Carnaval só no carão: ‘Estou com peitão, sou a Sabrinão’

Quando o Carnaval acontece no mês de março, os pacientes dispõem de mais tempo para se organizar do ponto de vista da recuperação, pois são dois meses de repouso em média”, diz o médico, que entrega quais são os procedimentos mais procurados. “Próteses de mamas em primeiro lugar, pois há tempo suficiente, em média de duas a três semanas, para uma boa recuperação. Em segundo lugar, e muitas vezes junto, temos a lipoescultura. E também temos a procura por próteses glútea.”

“Nós mulheres procuramos envelhecer com dignidade”

A massoterapeuta Ana Laura, de 48 anos, é uma das pessoas que decidiu ser operada para estar mais bela ainda para o Carnaval. A carioca aumentou o volume das próteses de silicone e fez abdominoplastia.

Arquivo Pessoal

“Nós mulheres procuramos envelhecer com dignidade, mas sem modificações radicais e catastróficas. Temos que ser orientadas por quem literalmente entende deste assunto”.

Ana Laura conta ainda que escolheu esse período para realizar o procedimento justamente por conta dos dias de folia. “Quero usar e abusar te tops, shorts, esbanjar o meu corpo. Estou me sentindo uma diva”.

A empresária Viviane Rodrigues, de 37 anos, também ressalta para que as pessoas tenham cautela na hora de escolherem o médico para uma cirurgia plástica. “Já fiz mama e abdominoplastia. Aconselho a sempre procurar profissionais conceituados no mercado que já fizeram em outras pessoas. Como também alguém que possa lhe passar segurança na hora da consulta.”

Luis Haroldo ressalta sobre a importância de denunciar médicos clandestinos como o famoso “doutor bumbum“. “O primeiro passo é procurar um médico credenciado, com referências de outros pacientes que não prometem milagres, se o paciente desconfiar de que determinada clínica é clandestina, uma denúncia deve ser feita à SBCP.