Acusada de injúria racial, Luisa Sonza adia turnê: 'Não tenho cabeça agora'

Acusada de racismo, Luísa Sonza se afastou das redes sociais e adiou turnê (Foto: Agnews)
Acusada de racismo, Luísa Sonza se afastou das redes sociais e adiou turnê (Foto: Agnews)

Resumo da Notícia:

  • Luísa Sonza explicou seu sumiço das redes sociais

  • Cantora se pronunciou pela segunda vez sobre a acusação de racismo

  • Focada no processo judicial, artista anunciou adiamento da nova turnê

Envolvida em caso de racismo na Justiça brasileira, Luísa Sonza adiou lançamento de turnê para novembro por conta desse processo. A cantora enfrenta uma ação judicial por injúria racial, movida por Isabel Macedo, que a denunciou após Luisa pedir um copo de água em uma festa, acreditando que a advogada fosse funcionária do local.

"Estou resolvendo todo o caso da Isabel, estou procurando a melhor forma de resolver isso, da maneira mais correta possível, de acordo com todos os meus ideais. É óbvio que eu quero vir aqui conversar com vocês, é óbvio que eu quero pedir desculpas para vocês, mas estou resolvendo isso primeiro diretamente na Justiça e diretamente com a Isabel", disse a artista nos Stories do Instagram.

Segundo Luísa, ela não conseguiu focar nos ensaios do projeto, que estava marcado para ter início no próximo sábado (1º).

"Por conta disso, eu escolhi adiar o lançamento da turnê 'O Conto dos Dois Mundos', porque eu não consegui ensaiar, nem tenho cabeça para isso agora, não acho que é hora de eu fazer uma coisa que vai ser o maior projeto da minha vida [...] Vou adiar o projeto para o dia 19 de novembro, foi adiada, não foi cancelada", explicou a dona de músicas como "Cachorrinhas" e "Anaconda".

Luísa também prometeu que irá falar mais sobre o assunto assim que o caso estiver resolvido. "Quero realmente fazer a coisa certa e que esteja de acordo com o que eu sempre acreditei e com o que eu sempre falei, vou continuar sendo aliada e agora de uma maneira mais séria ainda [...] Mas, eu volto aqui pra falar sobre isso, tá?", garantiu. A cantora vinha sendo criticada e cobrada por não se posicionar diante da repercussão do caso.