'Me arrependi de ter escolhido a Manu", diz Prior ao ser eliminado do BBB

Rafael Argemon

No Paredão que engajou - foram mais de 1 bilhão e meio de votos! - e dividiu o País, Felipe Prior foi o 10º eliminado do Big Brother Brasil 20. E como já era de se esperar por conta da verdadeira guerra que estava acontecendo nas redes sociais, a disputa com Manu Gavassi foi bem apertada. 

O arquiteto paulistano levou 56,73% dos votos do público contra 42,51% da cantora/atriz. “Me arrependi de ter escolhido a Manu”, confessou Prior à ex-BBB Fernanda Keulla em entrevista transmitida no Gshow pouco depois da eliminação. 

“Se eu voltasse desse Paredão, ia voltar com uma confiança absurda. Talvez escolhi a Manu porque ela não sente prazer de nada. A Festa pegando fogo e ela dormindo. Aquilo me incomodava muito”, completou.

Já a influenciadora digital Mari Gonzalez era tão carta fora do baralho nesse Paredão triplo, que mesmo antes de dar o resultado final, o apresentador Tiago Leifert logo a tranquilizou a baiana, informando que ela havia sido a menos votada.

Felipe Prior com cara de poucos amigos ao receber a notícia que era o 10º eliminado do BBB.

Sobre os motivos de sua eliminação, o arquiteto lembrou Leifert sobre o embate entre homens e mulheres logo no início do programa. O famigerado Teste de Fidelidade: “Aqueles papos do começo me prejudicaram muito. Gente que me apoiava passou a não me apoiar mais.”

Porém, Prior acabou admitindo que seu maior erro foi ter brigado com Babu, seu grande (e único) aliado no jogo. Ao ver a imagem do ator chorando após sua eliminação, o arquiteto disse a Fernanda Keulla: “A briga me prejudicou muito. Por isso ele está chorando, porque ele sabe que a gente poderia ter ido para a final. Ele está se sentindo culpado e fiquei emocionado ao ver ele chorando. Você sabe quando o choro é de verdade ou não. Metade do choro das meninas lá é falsidade.”

Aliás, falando nas sisters... O brother acabou confirmando que Marcela é vista por quem está dentro da casa como a grande favorita ao prêmio de R$ 1,5 milhão. “Estava com a impressão de que ela era forte desde o início por...

Continue a ler no HuffPost