Princesa Diana perguntou o que tinha acontecido minutos depois do acidente fatal

·2 minuto de leitura
Reuters

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - "Meu Deus! O que aconteceu?" Essas foram as últimas palavras proferidas pela princesa Diana (1961-1997) momentos antes de sua morte após acidente de carro em Paris. Na época, ela era perseguida por fotógrafos. 

Um bombeiro francês que a retirou das ferragens contou esses detalhes ao Daily Mail. Segundo o sargento Xavier Gourmelon, a princípio ele não sabia que se tratava de um acidente envolvendo Diana. Só descobriu isso ao colocá-la na ambulância. 

Leia também:

"Após ele [Al-Fayed] ser removido, fiquei por conta da passageira. Ela falava em inglês e perguntou: 'meu Deus, o que aconteceu?'. Entendi isso, então tentei acalmá-la. Segurei a mão dela", revelou o chefe.

Dodi Al-Fayed era o namorado de Diana e a pessoa que foi removida primeiro do carro. Diana ainda se mexia e só tinha um ferimento aparente no ombro. O guarda-costas Trevor Rees-Jones estava extremamente agitado no momento do atendimento, lembrou o bombeiro. 

Diana será homenageada no próximo dia 1º de julho com uma estátua encomendada pelos filhos, Harry e William, no jardim do Palácio de Kensington. Esse seria o dia em que ela completaria 60 anos. 

Recentemente, Giancarlo Giammetti, cofundador da grife Valentino, publicou em suas redes sociais duas fotos da princesa. Segundo o Daily Mail, as imagens são inéditas e uma delas foi tirada em 1990, dois anos antes da sua separação do príncipe Charles. 

Na imagem, ela aparece em um iate ao lado do designer Valentino e do príncipe Kyril, de Preslav, na Bulgária. Diana está de biquíni estampado, uma camisa azul e óculos de sol. "Aqui dois momentos de amizade com ela, princesa Diana", escreveu o empresário, na legenda da publicação. 

Na outra foto, Lady Di surge em um evento formal. Não há informações de quando essa segunda imagem foi feita.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos