Primeiro vocalista da banda Calcinha Preta é assassinado em Sergipe

·2 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Foi encontrado morto, na tarde desta quinta-feira (4), o cantor José Aparecido da Silva, primeiro vocalista da banda Calcinha Preta, mais conhecido por seu nome artístico Sidney Chuchu. O caso foi registrado como homicídio, no conjunto Parque dos Faróis, em Nossa Senhora do Socorro.

O cantor morava em uma casa alugada há aproximadamente dois anos, segundo nota encaminhada pela Secretaria de Segurança Pública de Sergipe ao jornal Folha de S.Paulo. A causa da morte foi um golpe de uma arma branca, ou seja, um objeto que pode ser utilizado agressivamente, tanto para defesa como para ataque, porém que seja normalmente utilizado para outras atividades, como trabalho.

"Uma testemunha chegou à localidade e observou a vítima caída ao chão. A Polícia Militar foi acionada e atendeu à ocorrência. A Criminalística e o Instituto Médico Legal (IML) foram acionados e fizeram os exames periciais e o recolhimento do corpo", diz a nota.

Ao fim do comunicado, o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil do Estado pede que informações e denúncias sejam encaminhadas ao Disque-Denúncia (181). No Instagram oficial da banda, o grupo Calcinha Preta divulgou uma nota de pesar.

"Hoje toda a família Calcinha Preta está de luto! É com grande tristeza e pesar que recebemos a notícia do falecimento de José Aparecido da Silva, o nosso querido Sidney Chuchu", começa o texto, "nosso primeiro vocalista e ficou à frente da Banda Calcinha Preta no período de 1995 a 1998".

A nota relembra um dos maiores sucessos da carreira do cantor, a música "Onde o Sonho Mora" e deixa palavras de conforto para os familiares, amigos e fãs do músico. "Descanse em paz Sidney Chuchu, infelizmente, você nos deixou precocemente, e vai deixar muita saudade, mas, estará para sempre na história da Banda

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos