Curada do Covid-19, Preta Gil fala de preconceito: "Não precisa correr de mim"

Foto: Reprodução/Instagram (@pretagil)

Curada do coronavírus após 14 dias em isolamento, Preta Gil voltou para sua casa e gravou um vídeo com o marido na madrugada desta sexta-feira (27) para comemorar sua recuperação. Ela começou agradecendo aos fãs que enviaram energias positivas e aproveitou para dar um recado aos seus vizinhos.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no InstagramFacebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

“Alô vizinhos que me seguem. Estou curada, não transmito mais, não precisa correr de mim. É muito feio isso, é preconceito. Quando as pessoas souberem que alguém está com coronavírus não devem sair fazendo fofoca. Liga pra saber se está precisando de alguma coisa. Eu recebi muito apoio dos meus amigos e pessoas que me conheciam, dos vizinhos do hotel onde eu estava”, contou ela.

Leia também

Rodrigo Godoy entregou que já viu alguns vizinhos correndo de Preta Gil assim que ela voltou para casa e achou isso muito chato. A cantora continuou dizendo que as pessoas que estão com a doença precisam de ajuda para não ficarem abaladas psicologicamente, principalmente as que não são privilegiadas como ela.

“Tem que apoiar, ainda mais as pessoas que não tem tanta estrutura, que não tem os privilégios que eu tenho. Elas vão contar com a bom vontade dos amigos, da família, dos vizinhos, de quem puder apoiar. Apoiem essas pessoas que tiveram o resultado positivo. Elas precisam de amor, carinho, apoio, de alguém para segurar a cabeça. Quem tem que ficar em isolamento precisa de apoio”, explicou.

Preta, que ficou sozinha cerca de 14 dias, disse que uma maneira de ajudar sem ter contato com o doente é deixar alguma coisa na porta da casa dele e sempre conversar através das redes sociais. Ela ainda comemorou sua primeira noite com o marido na mesma cama após o isolamento e prometeu voltar a falar sobre sua experiência com o Covid-19 mais tarde. “Estou emocionada”, disse ela.