Preta Gil comemora libertação do seu corpo: 'Tenho celulite, estria e não vou me esconder'

Reprodução/Instagram

2018 foi realmente libertador para Preta Gil, principalmente, em relação ao seu corpo — ela fez questão de publicar imagens suas de biquíni durante o ano. Nesta quinta-feira (27), a cantora fez um post para lá de reflexivo em sua conta no Instagram falando sobre a ditadura da magreza e o sofrimento que ela traz para quem está fora dos “padrões estabelecidos”.

Precisamos de uma vez por todas nos livrar de antigos padrões que nos eram impostos, não posso e não quero ser prisioneira da minha forma física, sim eu tenho celulite, sim eu tenho estria e isso não vai mudar, e não vou me esconder com vergonha

A iniciativa de Preta não é só libertadora para si, mas também serve de incentivo para outras tantas mulheres que sofrem com a ilusão do “corpo perfeito”, ainda mais no verão.

Leia mais: 8 vezes que Thais Carla mostrou que gorda pode (deve) sim curtir o verão

Em seu texto, a cantora falou sobre a polêmica em torno de cada imagem sua com roupa de banho, como se isso fosse proibido para pessoas gordas.

“Último tbt do ano com uma foto minha de biquíni porque esse ano me libertei de uma vez por todas de algumas amarras que ainda tinha. Minhas fotos de biquíni causam um misto de sentimentos nas pessoas, e por isso mesmo as posto. Deveria ser normal eu postar uma foto de biquíni, não deveria causar tanto rebuliço. Mas pra que isso aconteça precisamos ajudar umas às outras. Precisamos nos reeducar. Então com toda minha vivência eu te digo, se liberte, a vida é preciosa e curta demais para nos escondermos”, escreveu ela, que no passado chegou a declarar que evitava se banhar em praias cariocas por conta do assédio dos paparazzo com seu corpo.

Confira cinco cliques empoderadores da filha de Gilberto Gil e se liberte nesse verão: