Presidente “zapeiro”, Maia costura por aplicativo de mensagens

(Foto: José Cruz / Agência Brasil)

Presidente da Câmara desde 2016, o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) já demonstrou seu poder de articulação para os colegas desta legislatura ao assumir para si a costura da aprovação de pautas em que tem interesse. Nos bastidores, além da articulação, os colegas se acostumaram a outra característica da presidência de Maia: o uso do WhatsApp para se comunicar.

O deputado não costuma ligar para os colegas, mas costuma estar em constante comunicação com deputados por meio do aplicativo. As convocações para conversas e reuniões na Residência Oficial são disparadas com mensagens curtas e diretas pelo celular. Quando quer falar com alguém, os avisa simplesmente com poucos caracteres: “preciso de vc no plenário”, dizia uma das mensagens mostradas à reportagem por um deputado. As confirmações de leitura são desativadas.

Leia também

É comum ver Maia sentado à Mesa para conduzir as sessões digitando no celular enquanto seus colegas usam os microfones da Casa para pronunciamentos. Apesar das curtas mensagens de convocação, a avaliação dos colegas é de que o presidente da Casa consegue demonstrar perfil agregador à sua maneira: repassa artigos, reportagens e outras informações que considera relevantes para presidentes e membros de comissões e relatores de propostas para subsidiar debates e propostas - encaminha apenas o texto, sem acréscimos pessoais.

Na opinião de assessores parlamentares, os colegas do fluminense se sentem “lembrados” e “prestigiados” pelo presidente da Câmara, facilitando o diálogo.