Os premiados na 70ª edição do Festival de Berlim

A atriz iraniana Baran Rasoulof posa com o troféu de melhor filme, ao lado dos premiados como melhor ator e atriz

Seguem abaixo os premiados neste sábado na 70ª edição do Festival de cinema de Berlim:

- Urso de Ouro de melhor filme: "There Is No Evil", do iraniano Mohammad Rasoulof

- Grande Prêmio do Júri: "Never Rarely Sometimes Always", da americana Eliza Hittman

- Urso de Prata de melhor diretor: Hang Sang soo, por "The Woman Who Run" (Coreia do Sul)

- Urso de Prata de melhor atriz: a alemã Paula Beer, por "Undine"

- Urso de Prata de melhor ator: o italiano Elio Germano, por "Hidden Away" ("Volevo Nascondermi")

- Urso de Prata de melhor contribuição artística: Jürgen Jürges, pela fotografia de "DAU. Natasha", de Ilya Khrzhanovsky e Jekaterina Oertel

- Urso de Prata de melhor roteiro: "Favolacce" ("Bad Tales"), de Fabio e Damiano D'Innocenzo (Itália)

- Urso de Prata pelos 70 anos do festival: "Effacer l'Historique", de Benoît Delépine e Gustave Kerven (França)

- Melhor documentário: "Irradiés", de Rithy Panh (França)