Prefeitura anuncia mais 700 vagas para ambulantes no Carnaval de SP

LAÍSA DALL'AGNOL
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 02.03.2019: Bloco de carnaval na rua Augusta, em São Paulo. (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Prefeitura de São Paulo anunciou nesta quarta-feira (12) mais 700 vagas para ambulantes interessados em vender bebidas durante o Carnaval de rua deste ano.

A Secretaria de Cultura divulgou que, a partir das 14h, os interessados na venda oficial de bebidas pela Ambev, patrocinadora do evento, poderiam se cadastrar no site http://www.carnavalderuasp2020.com.br.

No entanto, até as 15h, o link ainda estava fora do ar.

De acordo com a prefeitura, os postos ficariam disponíveis até o preenchimento das novas vagas, "fruto de desistências ou do não preenchimento da cota destinada aos blocos."

Após o cadastramento online, os interessados devem receber informações via SMS sobre o credenciamento presencial. 

Primeiro lote Este é o segundo lote de abertura de inscrições para ambulantes que querem trabalhar no Carnaval de rua de São Paulo deste ano. O primeiro foi anunciado na última quarta-feira (5), com 12 mil vagas. O site para as inscrições ficou fora do ar e Ambev, responsável pelas inscrições, informou que o site estava instável devido ao grande número de acessos. 

A empresa afirmou ainda que havia disponibilizado um canal para quem deseja entrar em contato por e-mail para eventuais dúvidas sobre o cadastro: carnavalderuasp2020@carnavalderuasp2020.com.br. 

Recorde  Neste ano, o Carnaval de São Paulo terá recorde de blocos e, pela primeira vez, os desfiles ocorrerão em todas as 32 subprefeituras. 

No ano passado, a capital paulista ultrapassou o Rio em número de blocos. Em 2020, o total de blocos cresceu 62% em relação ao ano passado, passando de 490 para 796 autorizados até o momento.

Entre as novidades estará um desfile do bloco pernambucano Galo da Madrugada.