Príncipe William recebe 1ª dose de vacina contra Covid-19

·1 minuto de leitura
Príncipe britânico William em visita a hospital em Londres, Reino Unido

Por Michael Holden 

LONDRES (Reuters) - O príncipe William, que contraiu Covid-19 no ano passado, revelou nesta quinta-feira que recebeu a primeira dose de uma vacina contra coronavírus. 

William, de 38 anos, neto da rainha Elizabeth e segundo na linha sucessória ao trono britânico, disse no Twitter que recebeu a vacina no início desta semana e publicou uma foto da ocasião no Museu de Ciência de Londres. 

Leia também

"Na terça-feira, recebi minha primeira dose da vacina contra Covid-19", disse. "A todos aqueles trabalhando na distribuição da vacina, obrigado por tudo que fizeram e continuam a fazer". 

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

William adoeceu em abril de 2020, quase ao mesmo tempo que seu pai, o príncipe herdeiro Charles, mas manteve a notícia em segredo até novembro. 

Reportagens disseram que ele não quis alarmar ninguém e que foi bastante afetado pelo vírus. 

Outros membros da família real também revelaram ter recebido suas doses de vacina, incluindo a monarca de 95 anos e Charles. 

A rainha disse que receber a vacina foi muito rápido e não doeu e incentivou o público a seguir o exemplo, dizendo que aqueles que estão receosos deveriam pensar nos outros. 

O Reino Unido já deu a primeira dose da vacina a quase 37 milhões de pessoas, uma das campanhas mais velozes do mundo, e todas as pessoas de mais de 34 anos têm direito à vacinação. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos