Príncipe Harry será executivo de start-up de saúde mental

·1 minuto de leitura
Britain's Prince Harry meets Jon Bon Jovi and members of the Invictus Games Choir in London

(Reuters) - O príncipe Harry se tornará executivo da BetterUp Inc, uma start-up da cidade norte-americana de San Francisco que fornece para empresas programas de coaching e assistência de saúde mental, disse a companhia nesta terça-feira.

A decisão foi anunciada cerca de um mês depois de Harry, neto da rainha Elizabeth, e sua esposa norte-americana, Meghan, romperem definitivamente com a realeza britânica e dizerem que não voltarão a atuar como membros da família real.

Harry falou publicamente sobre suas dificuldades com a dor sofrida após a morte de sua mãe, a princesa Diana, em um acidente de carro em 1997. No início deste mês, Meghan disse à entrevistadora Oprah Winfrey que fazer parte da família real a levou à beira do suicídio.

Fundada em 2013, a BetterUp oferecer um aplicativo que conecta as pessoas a programas de coaching, aconselhamento e mentoria. O serviço é usado por mais de 300 empresas, como Chevron, Snap e WarnerMedia, da AT&T.

Em seu novo papel, Harry ajudará a promover a boa forma e ampliará a equipe de coaches e clientes, entre outras funções, informou um blog da empresa.

"Acredito firmemente que se concentrar e priorizar nossa boa forma mental libera um potencial e uma oportunidade que nunca soubemos ter dentro de nós", disse Harry na publicação no blog.

Ele também disse que está trabalhando com um coach da BetterUp e que achou a experiência "inestimável".

"Fui encaminhado a um coach realmente incrível que me deu conselhos sensatos e uma nova perspectiva", disse.

(Por Akanksha Rana, em Bengaluru, e Lisa Richwine, em Los Angeles)