Príncipe Harry chama Camilla de 'vilã' que 'trocou informações'

Príncipe Harry insistiu que estava preocupado com sua madrasta Camilla credit:Bang Showbiz
Príncipe Harry insistiu que estava preocupado com sua madrasta Camilla credit:Bang Showbiz

O príncipe Harry chamou Camilla, a rainha consorte, de "vilã" que "trocou informações" em uma tentativa de reabilitar sua imagem.

O duque de Sussex, de 38 anos, abriu o jogo sobre o relacionamento com sua madrasta - que se casou com seu pai, o rei Charles, em 2005 - em uma nova entrevista à TV americana para promover seu livro de memórias, 'Spare', no qual chamou Camilla de "perigosa".

Durante sua conversa com o apresentador do '60 Minutes', Anderson Cooper, Harry disse: "Ela era a vilã. Ela era a terceira pessoa no [casamento de Charles com Diana, princesa de Gales]... Ela precisava reabilitar sua imagem."

O apresentador então perguntou a Harry: "Você escreveu [no livro]: 'Eu até queria que Camilla fosse feliz. Talvez ela fosse menos perigosa se fosse feliz.’ Como ela era perigosa?"

Harry então respondeu: "Por causa da necessidade dela de reabilitar sua imagem... Isso a tornou perigosa por causa das conexões que ela estava forjando com a imprensa britânica. E havia uma disposição aberta de ambos os lados para troca de informações. E com uma família construída na hierarquia e, com ela, no caminho para ser rainha consorte, haveria pessoas ou corpos deixados na rua por causa disso."

O integrante da realeza então acrescentou: "Se você é levado a acreditar, como membro da família, que estar na primeira página, ter manchetes positivas, histórias positivas escritas sobre você, vai melhorar sua reputação ou aumentar as chances de você ser aceito como monarca pelo público britânico, então é isso que você vai fazer."