Príncipe Harry afirma ter matado 25 pessoas durante combates no Afeganistão

O duque, de 38 anos, afirmou em seu polêmico livro de memórias, 'Spare' ['O que sobra'], que matou 25 combatentes do Talibã enquanto serviu com o exército britânico no Afeganistão