Príncipe Andrew renuncia a funções reais britânicas e filiações militares

·1 min de leitura
Príncipe Andrew

LONDRES (Reuters) - O príncipe britânico Andrew renunciou suas filiações militares e funções reais, anunciou o Palácio de Buckingham na quinta-feira.

A medida acontece após os advogados de Andrew fracassarem em convencer o juiz norte-americano a dispensar uma ação civil que o acusa de abuso sexual.

"Com a aprovação e acordo da rainha, as filiações militares e funções reais do Duque de York foram devolvidas à rainha", anunciou o Palácio de Buckingham em nota.

"O Duque de York vai continuar não realizando deveres públicos e se defende do caso como um cidadão particular."

Uma fonte real afirmou que Andrew não usará mais seu título "Sua Alteza Real" em qualquer situação oficial, e que seus outros papéis serão distribuídos entre outros membros da família real, não retornando ao príncipe Andrew.

(Reportagem de William James)

((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447702)) REUTERS AC

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos