'Porque sou preta', diz Natália Deodato após ser acusada de roubo em hotel

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A ex-BBB Natália Deodato, 23, está em viagem no México, hospedada em um hotel em Cancún, e desabafou em seus Stories do Instagram após ser acusada de roubar uma bolsa. "O pior de tudo: porque eu era preta", enfatizou.

"Eu estava no saguão e tinha uma bolsa jogada no canto, não tinha ninguém [perto]. Eu peguei com a pontinha da mão e fui levar para o moço da recepção. Quando cheguei lá tinha um moço e ele começou a gritar falando em outra língua. Eu avisei que tinha achado no chão", relembrou.

"Foi terrível ele falando... Que eu tinha pegado, como se eu precisasse pegar as coisas de alguém. O cara do hotel ficou muito constrangido. Eu falei para abrir e ver se sumiu alguma coisa. Ele viu que não tinha sumido nada e continuou me acusando. Comecei a tremer", contou.

A manicure também contou que foi impedida de entrar no restaurante do hotel por estar usando calça-jeans e jaqueta. "Mas não foi por causa disso. A gente pediu a mesa e eles não nos deixaram sentar onde queríamos. Eles nos colocaram para sentar em outra mesa."

Natália seguiu dizendo que pelo menos tem pessoas maravilhosas ao seu redor durante essa viagem. "Não se deixem abater pelas situações. Não deixem as pessoas te diminuírem. Na hora, fiquei em choque, comecei a tremer. Fiquei muito triste! Mas graças a Deus estou um pouco melhor."

"É uma situação muito pesada. Quando a gente fala sobre isso, parece que é 'mimimi'. São realidades que precisam nos posicionar. Precisamos falar sobre o preconceito até que ele não exista mais!", completou a ex-BBB na sequência de Stories.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos