Site de pornografia se oferece para fazer nova temporada de 'Sense8'

A decisão da Netflix cancelar ‘Sense8’ ainda está rendendo. Nesta quinta-feira o site de vídeos pornográficos xHamster soltou um comunicado oficial, no qual seu vice presidente se oferece para produzir uma nova temporada da série.

A proposta, feita diretamente as irmãs Lana e Lilly Wachowski, criadoras da atração, deixa clara a intenção de não fazer uma paródia, mas sim abrir espaço para a comunidade LGBT – tema recorrente no programa.

As Wachowski ainda não responderam oficialmente. Por enquanto, só está confirmado mesmo um episódio final para fechar a trama, a ser exibido ainda na Netflix em 2018.

Leia o comunicado do xHamster abaixo:

“Queridas Lana e Lilly,

Recentemente, nós lemos que vocês estão trabalhando na terceira temporada de Sense8, apesar da Netflix não ter planos para renovar a série. Nós sabemos não é convencional, mas queremos trazer a série de volta – no xHamster. Nós não estamos falando de uma paródia ou algo parecido, mas de um revival da série.

Desde que soubemos do cancelamento, ficamos pensando se poderíamos fazer algo. Enquanto estamos felizes que a Netflix decidiu dar um final pra série, antes de vocês concluirem a história, nós queremos que vocês considerem outra opção – deixem que xHamster produza a série.

Nos escute.

Atualmente, xHamster é um dos sites mais acessados da internet. Nós temos mais visitantes diariamente que o New York Times, EPSN e o Daily Mail. Diferente da Netflix, vocês não estariam competindo para ser parte de um orçamento de produção – seria todo de vocês.

Nós também temos disposição. Sabemos que uma série sobre esse tipo de diversidade é dificil de se vender em um lugar mainstream como a Netflix. Nós não temos essas limitações, e também entendemos implicitamente a interligação das sexualidades além dos limites. Resumindo, nós somos nós.

O xHamster tem uma longa história de luta a favor dos direitos de discurso sexual e sexualidade não-normativa. Além de permitir que bilhões de usuários se conectem com suas articulações individuais de gênero e sexualidade, nós continuamos a usar nossa audiência para falar contra as repressivas leis anti-LGBTQ nos Estados Unidos, além de ser a favor de educação sexual em escolas publicas, paternidade planejada e direitos dos trabalhadores sexuais.

Nós gostariamos de marcar um encontro e ver se podemos nos encaixar no futuro de Sense8. Sabemos que somos uma casa improvável. Porém, cinco anos atrás, as pessoas riram da ideia de que a Netflix poderia produzir uma série original. Nós achamos que nossa hora, como a sua, chegou.

Sinceramente,
Alex Hawkins
Vice Presidente do xHamster.”